Imposto de Renda 2020: 198 mil contribuintes recebem parcela especial da restituição

A Receita Federal deposita hoje, 30, o valor do lote residual de restituição do Imposto de Renda 2020 do mês de novembro. Este lote pagará R$399 milhões para 198.967 contribuintes.

Imposto de Renda 2020: 198 mil contribuintes recebem parcela especial da restituição
Imposto de Renda 2020: 198 mil contribuintes recebem parcela especial da restituição (Imagem Google)
publicidade

As consultas a este lote residual estão liberadas desde o dia 23 através do site da Receita Federal ou pelo telefone 146.

O contribuinte também pode acessar o portal e-CAC para verificar possíveis inconsistências em sua declaração e corrigi-las no menu Meu Imposto de Renda.

Caso a restituição tenha sido liberada mas o contribuinte não recebeu o valor devido, ele deve entrar em contato com a central de atendimento através do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

O valor da restituição pode ser resgatado no período de um ano no banco. O contribuinte que não fizer o saque neste período, deve requerer através da internet através do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

Informe de rendimentos do IRPF está disponível na Receita Federal

A Receita Federal liberou na última sexta-feira, 27, o Portal e-CAC para as consultas dos rendimentos informados por fontes pagadoras. Estes informes são utilizados na Declaração do Imposto de Renda.

  • Como consultar

Os contribuintes precisam acessar o portal e-CAC e inserir o código de acesso ou acesso único (conta gov.br). Caso não possua, é possível criar um código de acesso através do portal.

Ao ter seu acesso concedido, o contribuinte consegue visualizar o informe de rendimentos indo na opção “Declarações e Demonstrativos”, serviço: “Consulta Rendimentos Informados por Fontes Pagadoras”.

Os contribuintes que constam com CPF em situação “pendente de regularização” devem se beneficiar da consulta, “pois poderão consultar pendências, obter seu informe de rendimentos e preencher sua Declaração de Imposto de Renda integralmente pela internet, sem precisar sair de casa”, diz a Receita Federal.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.