INSS anuncia DATA para pagamento do reajuste no auxílio doença; veja quem recebe

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) anunciou que os segurados que receberam as antecipações de seus benefícios por incapacidade temporária e que foram concedidas até o dia 31 de outubro, começarão a receber no próximo mês o pagamento das diferenças às quais tem direito.

INSS anuncia DATA para pagamento do reajuste no auxílio doença; veja quem recebe
INSS anuncia DATA para pagamento do reajuste no auxílio doença; veja quem recebe (Imagem: Reprodução/Google)

Serão cerca de 600 mil segurados de um total de 1,1 milhão de antecipações que vão passar por uma análise de seus processos. O procedimento é automático e os segurados terão acesso aos valores analisados na revisão.

O instituto ressalta que não são todos os beneficiários que tem direito a esta diferença, já que o valor do benefício pode mudar após o processo de revisão.

Todos os segurados que tiverem direito a diferença vão receber em sua casa uma carta do INSS com as informações sobre o recálculo do benefício e o valor devido. O portal Meu INSS e o telefone 135 também podem ser consultados pelos beneficiários.

Pagamento

Os segurados vão receber o valor devido em conta corrente, na caixa da agência bancária ou através de saque com cartão magnético.

Cálculo da diferença

O cálculo é feito com base no valor da antecipação que foi determinada em R$1.045. O pagamento é realizado com correção e correspondente ao tempo de afastamento, isto é, pelo total de parcelas recebidas.

O INSS já tinha autorizado o pagamento das diferenças a 497.085 segurados no mês de setembro. Estes segurados tiveram a antecipação concedida até o dia 2 julho deste ano.

Prazo para pedir antecipação vai até a próxima segunda

Os segurados podem solicitar a antecipação até a próxima segunda, 30. Este também é o prazo para o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Nesta antecipação é possível receber o valor de R$1.045 sem que seja necessária a realização da perícia médica em casos de auxílio-doença.

No caso do BPC, o valor que pode ser antecipado é de R$600 e a liberação é mediante conferência dos dados do Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e do CPF. A renda mensal familiar do beneficiado não pode ser superior a um quarto do salário mínimo.

Os pedidos podem ser feitos através do Meu INSS e dispensa o comparecimento presencial nas agências do instituto.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.