Obras do Minha Casa Minha Vida no ES atrasam entrega em DEZ anos ao custo de R$25 MILHÕES

Famílias em São Mateus no estado do Espírito Santo, esperam as obras do Minha Casa Minha Vida há 10 anos. O conjunto habitacional no bairro Aroeira já teve várias datas para a sua finalização, sendo no mês de agosto deste ano a última estimativa realizada pela Caixa Econômica Federal.

Obras do Minha Casa Minha Vida no ES atrasam entrega em DEZ anos ao custo de R$25 MILHÕES
Obras do Minha Casa Minha Vida no ES atrasam entrega em DEZ anos ao custo de R$25 MILHÕES (Imagem: Reprodução/Google)

A Caixa Econômica Federal informou no mês de fevereiro que as obras no conjunto habitacional Aroeira seriam finalizadas no mês de agosto, porém, os imóveis continuam sem serem entregues.

De acordo com as informações divulgadas pelo banco a construção irá beneficiar 463 famílias, porém há 10 anos essas famílias esperam a conclusão das obras. O conjunto habitual está situado no norte do Espírito Santo.

De acordo com a secretária de Assistência Social de São Mateus, Marinalva Broedel, o cadastro das famílias interessadas em participar do programa foi realizado pela prefeitura e entregues a Caixa, sendo esse o responsável pela aprovação final.

“Nós fazemos o processo de porta de entrada, de cadastramento, mas a gente não tem nenhuma informação oficial sobre o prazo de entrega. Apesar de a gente cobrar isso por e-mail e também por telefone, solicitando as informações, oficialmente não tem chegado informações”, informou a secretaria.

“Os processos de averiguação ficaram parados por muito tempo, depois fizemos o recadastramento das famílias. Todos os dossiês foram encaminhados para a Caixa Econômica Federal, que faz a avaliação dos processos encaminhados”, completou Broedel.

As obras em Aroeira iniciaram em 2010 e faz parte do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. Em 2017, o Ministério das Cidades informou que 81,25% das obras estavam prontas. O valor total dos gastos com as construções foi de R$ 25 milhões.

A demora na entrega atinge várias famílias que esperam os imóveis. Fabiana de Souza Rodrigues de Assis, uma das pessoas que aguardam a conclusão das obras declarou: “Em 2018 eles fizeram outra listagem, chamaram o pessoal para fazer o recadastramento e até hoje nada. Só fizemos aquele e mais nada”.

Maria de Fátima dos Reis, que também espera a entrega dos imóveis, reclamou, “Em janeiro as casas já estavam prontas, só faltava colocar água, luz e esgoto. Estava tudo pronto e até agora não entregaram. Eu estou desempregada, precisando da casa e ninguém fala nada”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.