Bolsa Família: Calendário da penúltima parcela do auxílio de R$300 continua; QUEM recebe?

Pontos-chave
  • Os beneficiários do Bolsa Família estão recebendo a oitava parcela do auxílio emergencial;
  • Apenas os aprovados entre os meses de abril e julho e os beneficiários do Bolsa Família terão acesso a alguma parcela de R$ 300;
  • Beneficiários do auxílio que tiveram a solicitação aprovada após agosto não terão direito as quatro parcelas da extensão.

Os beneficiários do Bolsa Família estão recebendo a oitava parcela do auxílio emergencial desde o dia 17 de novembro. Essa é a terceira cota de R$ 300 paga pelo governo, após o pagamento das cinco primeiras parcelas de R$ 600.

Bolsa Família: Calendário da penúltima parcela do auxílio de R$300 continua; QUEM recebe?
Bolsa Família: Calendário da penúltima parcela do auxílio de R$300 continua; QUEM recebe? (Imagem: Reprodução/Google)

Com o avanço dos casos de Covid-19 no país, o governo instalou a quarentena no mês de março, com o intuito de evitar a proliferação. Com isso, muitos brasileiros sofreram com a falta de trabalho ou com a demissão.

Pensando nisso, no mesmo mês, o presidente da república, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), anunciou o pagamento do auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600 para os trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e beneficiários do Bolsa Família.

Os pagamentos iniciaram no mês de abril, de acordo com o mês de nascimento. Porém, os beneficiários do Bolsa Família continuaram recebendo da mesma maneira, ou seja, a partir do calendário disponibilizado pela Caixa que considera o final do NIS (Número de Identificação Social).

Bolsa Família: Calendário da penúltima parcela do auxílio de R$300 continua; QUEM recebe?
Bolsa Família: Calendário da penúltima parcela do auxílio de R$300 continua; QUEM recebe? (Imagem: Reprodução/Google)

Dessa maneira, todos os beneficiários do Bolsa Família começaram a receber a ajuda emergencial de forma instantânea, enquanto os demais tiveram que realizar a solicitação. Para receber é preciso atender os seguintes critérios:

  • Ter mais de 18 anos (com exceção de mães adolescentes);
  • Ter uma renda familiar de até R$ 3.135,00 (três salários mínimos);
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber benefício do INSS;
  • Não ter tido um rendimento tributável acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018.

Antes de finalizar o pagamento das três primeiras parcelas do auxílio, o presidente anunciou a prorrogação de mais dois meses. A medida foi tomada devido ao aumento de casos de Covid-19 no país e a necessidade de continuação da quarentena.

Em setembro, o presidente anunciou a segunda prorrogação, por mais quatro meses, chegando até dezembro, porém com o valor reduzido para R$ 300, sendo que só será pago até 31 de dezembro de 2021.

Caixa Tem

Os pagamentos de quem está fora do Bolsa Família acontece em dois momentos, no primeiro o valor é depositado na conta Poupança Social Digital no nome do trabalhador, no qual é possível realizar compras e pagamentos, através do Cartão de Débito disponível no app Caixa Tem.

Após esse momento, é disponibilizado o saque ou a transferência bancária para qualquer banco, inclusive para outra conta da Caixa sem a cobrança de taxa pelo serviço. Veja no vídeo abaixo como comprar em lojas físicas usando o Cartão Virtual Caixa Tem:

Parcelas de R$ 300

Muitos beneficiários do auxílio que tiveram a solicitação aprovada após agosto não terão direito as quatro parcelas extensão. Apenas os aprovados entre os meses de abril e julho e os beneficiários do Bolsa Família terão acesso a alguma parcela de R$ 300. Veja abaixo as possibilidades:

  • Beneficiários do Bolsa Família que recebem do programa menos de R$ 300 terão direito as quatro parcelas extensão;
  • Beneficiários do auxílio emergencial que foram aprovados em abril receberão as quatro parcelas de R$ 300;
  • Beneficiários que foram aprovados em maio receberão três parcelas de R$ 300;
  • Aprovados em junho irão receber duas parcelas extensão;
  • Aprovados em julho irão receber uma parcela de R$ 300.

As parcelas extensão começaram a ser pagas em setembro para os beneficiários do Bolsa Família e para os primeiros aprovados do auxílio emergencial.

Calendário de pagamento de Novembro do Bolsa Família

Os beneficiários que fazem parte do Bolsa Família estão recebendo a oitava e penúltima parcela do auxílio emergencial desde a última terça-feira (17). Os pagamentos seguem o final do NIS e, portanto, iniciou com o número 1. Veja baixo o calendário disponibilizado pela Caixa:

Final do NIS  Data do saque 
NIS 1  17/nov (ter) 
NIS 2  18/nov (qua) 
NIS 3  19/nov (qui) 
NIS 4  20/nov (sex) 
NIS 5  23/nov (seg) 
NIS 6  24/nov (ter) 
NIS 7  25/nov (qua) 
NIS 8  26/nov (qui) 
NIS 9  27/nov (sex) 
NIS 0  30/nov (seg) 

Como é possível perceber os pagamentos da oitava parcela seguem até a próxima segunda-feira (30), quando os beneficiários com o NIS terminado em 0 irão receber. A Caixa Econômica Federal já liberou o calendário de pagamento da nona parcela do auxílio.

O calendário corresponde aos pagamentos realizados para quem faz parte do Bolsa Família.

Essa será a quarta parcela de R$ 300 e corresponde a última paga pelo governo, iniciando os pagamentos no dia 10 de dezembro se estendendo até o dia 23 do mesmo mês.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.