Amapá tem NOVO apagão; qual poderá ser a explicação sobre os acidentes?

Após mais de duas semanas vivendo as consequências de um apagão não resolvido, o estado do Amapá enfrentou um novo problema com a distribuição de energia na noite da terça-feira (18). Mais uma vez, o rodízio foi interrompido e 13 municípios ficaram totalmente sem energia, o que as autoridades chamam de um novo apagão.

Amapá tem NOVO apagão e governo busca explicações sobre acidente
Amapá tem NOVO apagão e governo busca explicações sobre acidente (Imagem: Reprodução / Google)

“O sistema apresentou instabilidade e estamos investigando as causas”, disse o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Segundo ele, o sistema está “sendo restabelecido gradualmente”.

O novo apagão teria acontecido por volta das 20h30. Por meio de nota, a Eletronorte confirmou o desligamento da Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes, que está fornecendo parte do abastecimento ao Amapá, em decorrência de “um evento externo à usina, provavelmente no sistema de distribuição de energia elétrica”.

Diferente do primeiro problema, hospitais, órgãos públicos e estabelecimentos comerciais com geradores não foram afetados pelo novo apagão. As vias de telefonia móvel, porém, pararam de funcionar novamente.

Em nota oficial, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) disse que “houve novo desligamento no estado do Amapá e que está trabalhando para restabelecer a totalidade das cargas no estado o mais breve possível”.

“O transformador da subestação Macapá não apresentou problema, a UHE Coaracy Nunes está gerando energia e a CEA, distribuidora local, está inspecionando as linhas e subestações para identificar a causa da ocorrência”, prosseguiu a ONS.

Diretamente do estado, o senador Randolfe Rodrigues usou as redes sociais para falar sobre o segundo apagão. “É urgente um esclarecimento das autoridades responsáveis sobre o que aconteceu neste momento”, escreveu.

Apagão ainda não tem causas definidas

A escuridão, que teve início no dia 3 deste mês, ainda não foi justificada e tem sido alvo de investigação. As causas devem ser divulgadas. Apenas três municípios do Amapá continuam com o fornecimento regular de energia.

A Justiça Federal estipulou um prazo até o dia 25 de novembro para que o problema seja inteiramente resolvido.

Enquanto isso, o estado recebe geradores termoelétricos que atuam provisoriamente nessa questão. Ainda assim, não há prazo exato para a retomada integral da eletricidade.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.