Pandemia acelerou processo de digitalização e cibersegurança das empresas

Uma pesquisa que foi realizada pela PwC mostrou que a pandemia causada pelo novo coronavírus acelerou cerca de dois e três anos os planos quinquenais das empresas para as suas áreas digitais. A Global Digital Trust Insights Survey 2021 apontou o amadurecimento da segurança cibernética, que está quase completando 40 anos. 

Pandemia acelerou processo de digitalização e cibersegurança das empresas
Pandemia acelerou processo de digitalização e cibersegurança das empresas (Foto:Google)
publicidade

A pesquisa ouviu cerca de 3.249 executivos de negócios e tecnologia de 44 países, dentre eles 109 no Brasil.

Entre os 3 primeiros meses da pandemia, 40%dos diretores de empresas afirmaram que suas organizações aceleraram a digitalização dos processos para alimentar o crescimento; cerca de 39% tiveram que implantar o  trabalho remoto em tempo integral para mais trabalhadores e 37% apontaram um maior peso na qualidade da infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) e telecomunicações nas decisões.

Uma das medidas adotadas pelas empresas foram as preocupações com a saúde digital, a automação industrial e robótica, o avanço no comércio eletrônico, robôs de bate-papo para atendimento ao cliente, entretenimento baseado em realidade virtual, cozinha em nuvem, que são os serviços de alimentação apenas para entregas, e fintechs, os serviços financeiros digitais.

A pesquisa apontou ainda as ambições digitais das empresas tiveram um crescimento forte. 

Cerca de 21% das empresas informaram que estão realizando mudanças no seu modelo de negócio principal e redefinindo suas organizações, que são chamado de “redefinidores” e cerca de 18% estão entrando em novos mercados ou setores, os “exploradores”.

“Ambas as categorias dobraram desde nossa pesquisa do ano passado. Fazer as coisas com mais rapidez e eficiência é a principal ambição digital para 29% dos executivos (“buscadores de eficiência”), enquanto 31% estão se modernizando com novos recursos (“modernizadores”). Mais de um terço – 35% – dizem que estão acelerando a automação para cortar custos, o que não é surpresa em um momento em que as receitas estão baixas”, de acordo com a pesquisa.

Segurança

Já sobre a segurança da rede, 96% dos diretores afirmaram os ajustes de suas estratégias por conta da pandemia do novo coronavírus e 50% delas estão propensas a considerar a segurança em todas as decisões de negócios, isso representa um aumento de 25% com relação a pesquisa que foi realizada no ano de 2019.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.