Ibovespa Futuro abre a quinta-feira em alta ainda em decorrência das eleições dos EUA

O Ibovespa Futuro inicia a manhã desta quinta-feira em alta. O valor na abertura foi de 99.260 pontos para o mês de dezembro. No fechamento anterior, o registro era de 97.950 pontos. Os investidores seguem atentos à apuração dos votos para a presidência dos Estados Unidos. A possibilidade de vitória do candidato Joe Biden tem feito com que o mercada reaja positivamente.

Índice Futuro do Ibovespa inicia a quinta-feira em alta ainda em decorrência das eleições dos EUA
Índice Futuro do Ibovespa inicia a quinta-feira em alta ainda em decorrência das eleições dos EUA (Imagem: Pixabay)

Por volta das 10h38, o Ibovespa Futuro para dezembro indicou aumento de 1,66%, aos 99.575 pontos. Neste mesmo horário, o índice do dólar registrou queda de 0,83%, aos 92,640 pontos.

Outros índices futuros tiveram alta pela manhã de hoje. O americano S&P 500 Futuros aumentou em 1,77%, aos 3.495,75 pontos. O Dow Futuros aumentou em 1,40%, aos 28.123,5 pontos. Já o Nasdaq, variou positivamente em 2,58%, aos 12.067,00.

Eleições nos Estados Unidos

O país norte-americano segue com a apuração dos votos durante a amanhã de hoje. Joe Biden está em vantagem com 264 votos eleitorais, contra 214 de Donald Trump. Para ser eleito, será necessário conquistar 270 votos.

Alguns estados faltam ser apurados e podem mudar o rumo do vencedor. Segundo o The Associated Press, o estado de Nevada, que vale 6 votos eleitorais, tem vantangem de Biden por 49,3%, contra 48,7% de Trump. Já foram apuradas 75% das urnas às 11h53.

Em outros estados decisivos, o atual presidente segue em vantagem. Pela Geórgia, com a indicação de 15 votos, o republicano vence com 49,6% dos votos, contra 49,2% do democrata. Cerca de 98% das urnas foram apuradas.

Pela Carolina do Norte, que tem direito a 15 votos eleitorais, Tump vence por 50,1%, contra 48,7%. O estado tem 94% das urnas apuradas. O estado da Pensilvânia, Trump tem uma vantagem pouco maior. Esta região, que vale 20 votos eleitorais, o republicano vence parcialmente por 50,7% a 48,1%.

Caso as votações sigam com os vencedores de cada estado, Biden seria decretado o novo presidente dos Estados Unidos. Durante o período de apuração, os Estados Unidos apresentam tensão em diversos estados por manifestações de apoiadores políticos.

Pelo lado dos apoiadores de Trump, há grande comoção de suspeita de fraude nos votos. Com isso, esta parcela espera que a votação seja suspensa, por conta da contagem dos votos em cédulas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.