Codhab faz convocação de 6,4 mil inscritos para moradia em novo bairro do Distrito Federal

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab) do Distrito Federal começou a chamar os inscritos para o novo bairro. São 6,4 mil contemplados para residir no Alto Mangueiral que é voltado para famílias com até 12 salários mínimos.

Codhab faz convocação de 6,4 mil inscritos para moradia em novo bairro do Distrito Federal
Codhab faz convocação de 6,4 mil inscritos para moradia em novo bairro do Distrito Federal (Imagem: Reprodução/Google)

A Codhab está convocando neste mês de novembro mais de 6 mil inscritos para o bairro Alto Mangueiral no Distrito Federal, que terá apartamentos, casas e comércios. O bairro é direcionado para famílias que possuem uma renda mensal de até R$ 12.540.

Ao ser chamado, os inscritos devem ser habilitados pela Codhab e, logo em seguida, serão encaminhados para o agente financeiro que fará o financiamento. Há uma grande probabilidade que a Caixa Econômica Federal seja a responsável pelo financiamento.

O bairro Alto Mangueiral fica localizado perto do bairro São Sebastião e serão oferecidas 6,4 mil residências populares. O anúncio do novo bairro do DF foi realizado em julho deste ano, porém na época não foi divulgado os detalhes do empreendimento.

A ideia é que o novo bairro tenha um comércio amplo e seja capaz de suprir as necessidades dos moradores dos bairros de São Sebastião, Mangueiral e Jardim Botânico.

Além disso, a ideia é substituir o projeto do Bairro Nacional que teve sua interrupção em 2013, por causa de impasses referentes à propriedade das glebas.

De acordo com o presidente da Codhab, Wellington Luiz, “Vamos lançar 760 unidades habitacionais ainda 2020 e estamos trabalhando para iniciar obras e concluir o compromisso de 40 mil empreendimentos a serem feitos para a população. As habitações populares são uma prioridade do governador Ibaneis”.

Imóveis do Codhab no Alto Mangueiral

Segundo a Codhab, o local terá casas e apartamentos, com modelo diferente das atuais habitações do Mangueiral, sem a construção geminada. Serão casas de 70 m², com três quartos, sendo um suíte. As residências ficaram dentro de um lote de 128 m², sendo assim, terá espaço para jardim, garagem e/ou área de lazer.

Os prédios serão compostos por seis andares, sendo que haverá elevadores e fachada ativa, ou seja, locais que permitem a instalação de lojas comerciais no pavimento de baixo. As construções iniciarão no próximo ano e contará com escolas, unidade básica de saúde, centro clínico e outros equipamentos públicos necessários.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.