Saque do FGTS: Quais documentos preciso para receber a quantia emergencial?

Trabalhadores que desejam sacar os valores de seu FGTS devem ficar atentos as documentações necessárias. Se você vai retirar dinheiro de seu fundo de garantia pela primeira vez e não sabe como se dá o procedimento, fique tranquilo. Normalmente, os pagamentos do programa são feitos pela Caixa Econômica Federal e apresentam solicitações simples.

Saque do FGTS: Quais documentos preciso para receber a quantia emergencial?(Imagem: Google)
Saque do FGTS: Quais documentos preciso para receber a quantia emergencial? (Imagem: Google)

Para sacar os valores de seu FGTS a primeira coisa que você deve definir é qual a modalidade de pagamento.

Atualmente estão sendo liberadas quantias referentes ao saque emergencial, mas há ainda como receber pelo saque aniversário e demais meios tradicionais do programa. Sendo que cada um requer um procedimento de retirada diferente a depender do valor solicitado.

Saque emergencial

Para aqueles que irão retirar os valores do saque emergencial é simples. Inicialmente, conforme mostra o calendário abaixo, a quantia vem sendo depositada na poupança digital da Caixa.

Por meio do Caixa Tem, quando o acesso for autorizado, o trabalhador deve solicitar a transferência para uma conta bancária de sua mesma titularidade.

Desse modo, especificamente para tal modalidade, não é necessário ir até uma agência Caixa para fazer o saque.

Ao fazer uma TED para outra conta bancária o cidadão pode ir ao banco correspondente e retirar nos caixas eletrônicos mediante o uso de sua digital ou cartão da instituição.

Saque aniversário e demais modalidades

Para as demais modalidades de pagamento do FGTS é necessário que o cidadão vá até uma agência da Caixa. A forma mais rápida de fazer a retirada é por meio da apresentação do Cartão Cidadão. Nesse caso, o valor limite a ser retirado é de até R$ 3 mil.

Além das agências Caixa, o procedimento pode ser feito também por meio dos outros pontos de atendimento, sendo eles:

  • Lotéricas;
  • Correspondentes Caixa Aqui;
  • Postos de atendimento eletrônico; e
  • Salas de autoatendimento.

No caso de valores de até R$ 1,5 mil é possível fazer a retirada sem o cartão cidadão. Para isso basta ir até um dos pontos acima e apresentar o número do PIS/Pasep/NIT/NIS e senha pessoal.

Para valores maiores que R$ 3 mil é necessário ainda uma comprovação mais segura, sendo solicitado o cartão cidadão e também os demais registros:

  • Carteira de Trabalho;
  • Documento de identificação com foto;
  • Número de inscrição do PIS/Pasep/NIT/NIS.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.