Cadê o carregador? Apple é notificada pelo Procon-SP por vender novos iPhones sem o acessório

A Fundação Procon de São Paulo notificou a Apple para que seja explicada a venda dos novos modelos de iPhones sem o carregador, conforme anúncio da própria empresa. O argumento de que a retirada do acessório é uma “decisão ecológica” não convenceu o órgão de defesa do consumidor.

A Apple alega que sem o carregador as caixas serão menores, havendo a possibilidade de transportar mais unidades do produto em uma única remessa, diminuindo a emissão de gases poluentes, como o dióxido de carbono (Imagem: Divulgação/Apple)

Segundo a Apple, eles optaram por retirar os carregadores das embalagens por uma questão ambiental, pois os usuários da marca já possuíam o dispositivo e, com caixas menores, haveria a possibilidade de transportar mais unidades do produto em uma única remessa, diminuindo a emissão de gases poluentes, como o dióxido de carbono, por exemplo e reduziria a geração de lixo eletrônico.

Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP, declarou ao Jornal O Globo que “a venda separada do aparelho e do carregador é uma inovação que pode configurar prática abusiva, pois um precisa do outro para ter utilidade” e ainda levanta a possibilidade de que a empresa estaria praticando uma venda casada.

Em comunicado, o Procon-SP enviou os seguintes questionamentos para a Apple:

  • quais razões fundamentam a decisão comercial da empresa;
  • qual será o custo dos dispositivos ofertados separadamente;
  • o que será disponibilizado para aquisição do consumidor para que seja efetuada a recarga e qual o tempo de previsão de carregamento do aparelho com o novo dispositivo;
  • o consumidor terá alternativas para utilização de outros dispositivos com a mesma função;
  • como se dará o atendimento em garantia, já que os itens serão comprados em períodos distintos.

O prazo de 72 horas para a Apple responder as questões se encerram nesta sexta-feira (30). A empresa alega que os novos modelos trarão na caixa um cabo USB que permite a recarga da bateria, e diz que a medida é “o certo a se fazer”.

Acessório é obrigatório na França

Além do carregador, a empresa norte-americana deixou de incluir, também, os fones de ouvido na caixa dos novos modelos de smartphones.

Além do carregador, os fones de ouvido deixarão de serem fornecidos pela Apple nos novos smartphones (Imagem: Divulgação/Apple)

Porém, na França, a empresa terá de vender obrigatoriamente o iPhone com os acessórios, para cumprir a lei do país sobre comunicações eletrônicas. Lá, os fabricantes são proibidos de venderem qualquer aparelho sem fone de ouvido “sólido e confiável”. Para atender a lei, a Apple optou por utilizar duas caixas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.