Cresce número de golpes usando programa da CNH Social; veja como se proteger

Atenção, brasileiros! Novo golpe na praça tem como público alvo pessoas que desejem tirar a carteira de motorista. Nas últimas semanas, foi identificado que há um falso link circulando pela internet convidando usuários a se cadastrarem para participar do programa CNH Social. A campanha é falsa e tem como finalidade roubar os dados dos interessados para ações criminosas.

Cresce número de golpes usando programa da CNH Social; veja como se proteger (Imagem: Google)
Cresce número de golpes usando programa da CNH Social; veja como se proteger (Imagem: Google)

Está sendo compartilhado pelo whatsapp e demais redes sociais um link informativo solicitando os internautas a se cadastrarem no projeto CNH Social.

De acordo com o texto da página, estão sendo ofertadas 5 mil vagas disponíveis em todo o país. Para poder se candidatar, o interessado teria que preencher um formulário informando sua documentação.  

É preciso ficar atento, pois a informação é falsa. De acordo com os departamentos de trânsito, a página não é vinculada ao governo federal e nem aos demais órgãos responsáveis pela administração do programa. Foi identificado que a hospedagem do link vem dos Estados Unidos e não é seguro.  

CNH Social válida  

O Detran explicou ainda que, nesse momento o programa está sendo aplicado em diversas regiões do país, mas cada uma possui sua divulgação própria. Em Goiás, por exemplo, as inscrições estão abertas até o próximo dia 18, mas devem ser feitas exclusivamente pelo site do Detran do estado.  

Já em demais regiões como no Espirito Santo, as inscrições já se encerraram. Nos estados de Roraima e Alagoas, o programa ainda está sendo implementado.  

Sobre o programa  

O CNH Social tem como finalidade permitir que brasileiros de baixa renda tenham acesso a carteira nacional de habilitação de forma gratuita. Trata-se de uma iniciativa social gerenciada pelo Detran, incentivando a inclusão de brasileiros menos favorecidos nos projetos de trânsito.  

Para poder participar é preciso cumprir uma série de requisitos, como ter uma renda mínima com base no salário mínimo. Se for aceito, o cidadão tem direito de assistir as aulas teóricas e práticas, realizar os exames e demais procedimentos de forma totalmente gratuita.  

Normalmente o calendário de participação varia de acordo com cada estado e deve ser sempre acessado na pagina oficial do Detran da Região. Há ao menos uma chamada por ano com um número de vagas que varia por localidade. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.