INSS lança site com novo layout e vinculado ao Gov.br; saiba o que mudou

Segurados do INSS agora podem contar com um novo site. Na última sexta-feira (23), o governo federal anunciou que o Instituto Nacional do Seguro Social funcionará em uma nova plataforma digital. A página do órgão passou a ser integrada ao portal único da União e já conta com uma série de novas funções. Abaixo, saiba o que mudou.  

INSS lança site com novo layout e vinculado ao Gov.br; saiba o que mudou (Imagem: Google)
INSS lança site com novo layout e vinculado ao Gov.br; saiba o que mudou (Imagem: Google)

Se você usa com frequência o portal do INSS, fique atento. O site agora foi repaginado e está funcionando em uma outra hospedagem.

Para ter acesso, agora é preciso se conectar ao endereço https://www.gov.br/inss. Vale lembrar que o Meu INSS ainda funcionando, já que funciona especificamente pra digitalizar serviços da Previdência.  

Novo site do INSS 

A iniciativa de gerar um novo site de serviços do INSS se deu mediante a necessidade de atender ao Decreto 9.75/2019 que obriga uma vinculação única das páginas do governo federal.

Por meio do gov.com os cidadãos devem ter acesso completo a qualquer informação institucional, notícias e serviços públicos prestados em nível federal.  

Sendo o INSS administrado pelo governo, o instituto deu início a fase de transição. Agora na nova página é possível fazer agendamentos, solicitar benefícios e acompanhar o andamento dos processos ao mesmo tempo em que se pode acessar uma série de novas atividades públicas.  

As informações sobre os benefícios, aposentadorias e orientações em geral permanecem sendo realizadas, só que de forma mais direta. O cidadão não precisa mais se conectar a mais de um site para, por exemplo, concluir análises burocráticas que autorizarão seus benefícios.  

Outro ponto importante é que as atualizações dos conteúdos seguem sendo feitas de forma constante, para que os segurados tenham acesso a todas as informações de forma clara e objetiva.  

Adaptação dos novos sites 

Apesar do novo site já está em vigor, o governo ainda permitirá que os segurados acessem o portal com formato antigo.

Sua suspensão definitiva ocorrerá dentro de um prazo de dois meses, tempo suficiente, segundo a gestão pública, para que os cidadãos se integrem a nova plataforma.  

Além do INSS, demais sites públicos também terão até o dia 31 de dezembro para se unificarem no gov.br.

A iniciativa é defendida como uma forma mais eficaz, rápida e com uma redução de custos tendo em vista que não haverá a necessidade de realização diretas de manutenção e vários portais governamentais. 

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.