Imposto de Renda 2020: Como checar a restituição? O que fazer em casos de NÃO pagamento?

A Receita Federal abriu na última sexta-feira (23) a consulta ao primeiro lote residual de restituições do Imposto de Renda 2020. O pagamento será depositado dia 30 de outubro direto na conta bancária do contribuinte. Descubra aqui se a Receita o liberou da malha fina e pagará sua restituição.

Imposto de Renda 2020: Como checar a restituição? O que fazer em casos de NÃO pagamento?
Imposto de Renda 2020: Como checar a restituição? O que fazer em casos de NÃO pagamento? (Imagem: Reprodução/Google)

Cair na malha fina significa que a sua declaração do Imposto de Renda ficará retida por causa de algum erro, como um valor incorreto, um rendimento omitido, informações cadastrais erradas ou até mesmo uma possível fraude em análise. Quando a Receita faz a revisão e entende que foi resolvido, libera a restituição.

Segundo a Receita, mais de 910 mil contribuintes caíram na malha fina. O lote residual será feito, ao todo, para 273.545 deles, totalizando R$ 560 milhões.

Desse valor, mais de R$211 milhões são voltados aos contribuintes com prioridade legal: 5.110 idosos com mais de 80 anos, 38.301 entre 60 e 79 anos, 4.636 contribuintes que possuem alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 21.244 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Como checar se sua restituição foi liberada?

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal. Também é possível checar através do aplicativo Pessoa Física, disponível para os sistemas Android e iOS.

Ao realizar a consulta do Imposto de Renda 2020, o contribuinte será informado:

que foi contemplado e que o valor será creditado no próximo dia 30;

ou que a declaração está na “fila de restituição”, ou seja, que está tudo correto, porém é preciso aguardar a liberação dos valores nos próximos meses;

ou que está “em processamento”, ou na “fila de espera” do órgão, significando que talvez haja alguma inconsistência de informações, e o contribuinte pode revisá-la para ter certeza, mas isso ainda não é certo.

O que fazer em casos de NÃO pagamento?

Caso tenha direito ao lote residual e o valor não for creditado em sua conta, o contribuinte pode contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone exclusivo para deficientes auditivos).

Restituição começou mais cedo e foi mais rápida

Neste ano, o número de lotes de restituição foi reduzido, de sete para cinco, o que significa que as pessoas que tinham direito e não caíram na malha fina receberam o dinheiro mais rápido. Anteriormente os pagamentos iam do mês de junho a dezembro. Neste ano, começou mais cedo, de maio a setembro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.