Nada consta CNH: Passo a passo para emitir o histórico da sua habilitação

O Nada consta CNH é uma certidão de prontuário que apresenta todo o histórico do condutor e pode ser usada para fins judiciais e trabalhistas. A emissão de tal documento está disponível nos sites do Detran de cada estado, sendo um processo muito simples de realizar.

Nada consta CNH: Passo a passo para emitir o histórico da sua habilitação
Nada consta CNH: Passo a passo para emitir o histórico da sua habilitação (Imagem: Reprodução/Google)

Na certidão de prontuário são apresentados todos os dados da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Esse documento é conhecido popularmente como “Nada consta CNH”, já que funciona como uma espécie de certidão negativa e apresenta os dados da CNH de condutores registrados no Departamento de Trânsito.

O Nada conta CNH pode ser usado como comprovante para fins judiciais, trabalhistas ou de aposentadoria.

A emissão pode ser feita presencialmente ou pela internet nos sites do Departamento de Trânsito de cada estado sendo, na maioria das vezes, sem nenhum custo. Ambos os documentos possuem veracidade e podem ser usados como comprovantes.

Alguns estados cobram pela expedição da certidão, como é o caso de Minas Gerais que cobra R$ 18,56.

No estado do Espírito Santo o Detran cobra uma taxa de R$ 23,95, porém, esse pode ser solicitado até pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito. A certidão de prontuário só pode ser solicitada pelo condutor ou seu procurador.

Nada consta CNH

Na certidão de prontuário as seguintes informações são descritas:

  • Bloqueio ou impedimentos;
  • Comprovação de categoria;
  • Data da primeira habilitação;
  • Data e local de emissão da carteira de motorista;
  • Ocorrências;
  • Processos;
  • Validade da CNH.

Dessa maneira, apresenta o tempo da habilitação, a validade dos exames médicos e da CNH, assim como, a situação atual de multas.

Como emitir o Nada consta CNH

  • Acesse o site do Detran do seu estado (www.detran.sigladoestado.gov.br);
  • Preencha o dado solicitado (data de nascimento, número do CPF e ou da CNH);
  • Clique em “Solicitar”;
  • Pague o Documento de Arrecadação Estadual, se houver, ou;
  • Emita a certidão.

Alguns estados impedem a emissão do documento caso haja alguma pontuação registrada na CNH.

Dessa maneira, o condutor deve comparecer ao Departamento de Trânsito para realizar a emissão do documento ou, em cidades do interior, devem comparecer à Circunscrição Regional de Trânsito responsável pelo município.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.