Saque do FGTS: Quatro lotes de R$1.045 serão liberados até novembro

Pontos-chave
  • Caixa deverá liberar mais quatro rodadas do saque emergencial;
  • Benefício finaliza os saque no mês de novembro;
  • Segurados devem ficar atentos a utilização do Caixa Tem.

Atenção trabalhadores! Liberação do FGTS deverá se manter até o mês de novembro. Para quem está solicitando o saque emergencial, o cronograma estabelecido pela Caixa Econômica Federal deverá liberar mais quatro rodadas em espécie para os segurados nascidos entre os meses de setembro e dezembro. Abaixo, saiba a ordem de pagamentos e como ter acesso ao valor.

Saque do FGTS: Quatro lotes de R$1.045 serão liberados até novembro (Imagem: Google)
Saque do FGTS: Quatro lotes de R$1.045 serão liberados até novembro (Imagem: Google)

O saque emergencial do FGTS ainda está sendo pago. Mesmo com a finalização do cronograma de depósitos pelo Caixa Tem, os segurados ainda precisam observar o calendário para a autorização de saques e transferências.

Nesse momento, os próximos contemplados serão os aniversariantes do mês de setembro que terão direito de fazer a retirada no dia 31 de outubro.

Além disso, haverá ainda mais três rodadas, todas encerradas até o dia 14 de novembro. No que diz respeito a data limite para fazer o saque em qualquer data de aniversário, os segurados têm até o dia 30 de novembro. Depois desse prazo o valor será devolvido ao fundo de garantia.

Calendário de pagamentos do saque emergencial pelo FGTS

Nascidos em Crédito na conta poupança social digital Disponível para Saque em espécie ou transferência para outras contas
Janeiro 29/06/2020 25/07/2020
Fevereiro 06/07/2020 08/08/2020
Março 13/07/2020 22/08/2020
Abril 20/07/2020 05/09/2020
Maio 27/07/2020 19/09/2020
Junho 03/08/2020 03/10/2020
Julho 10/08/2020 17/10/2020
Agosto 24/08/2020 17/10/2020
Setembro 31/08/2020 31/10/2020
Outubro 08/09/2020 31/10/2020
Novembro 14/09/2020 14/11/2020
Dezembro 21/09/2020 14/11/2020

Quem tem direito ao benefício?

A liberação do saque emergencial está sendo concedida para todos os trabalhadores quem tenham contas no Fundo de Garantia.

Para ter acesso ao valor total de R$ 1.045 é preciso ter a mesma quantia podendo estar ser dividida entre as contas ativas (emprego atual) e inativas (contratações anteriores).

Porém, quem tiver um valor inferior ainda pode ter direito ao benefício, sendo retirada a quantia presente no FGTS. Os cidadãos podem somar os valores de suas contas ou priorizar a retirada maior de determinado histórico e uma inferior de versões passadas. O valor total a ser concedido por cada pessoa é de R$ 1.045.

Saque do FGTS: Quatro lotes de R$1.045 serão liberados até novembro (Imagem: Google)
Saque do FGTS: Quatro lotes de R$1.045 serão liberados até novembro (Imagem: Google)

Utilização do Caixa Tem

Para organizar as transferências, a Caixa vem realizando primeiro depósitos para a sua poupança digital. Intitulada de Caixa Tem, a plataforma permite que os usuários façam pagamentos e compras online através da utilização de um cartão de débito virtual.

A utilização do Caixa Tem é simples e solicita ao usuário apenas uma confirmação de cadastrado através da verificação de informações como data de nascimento e CPF. Uma vez registrado, basta utilizar os serviços fornecidos que não cobram taxas bancárias.

Permissão para saque

O tempo de saque varia de acordo com a data de nascimento dos segurados. Normalmente há um prazo mínimo de 30 dias conforme mostra o calendário acima. Depois que tiver a permissão concedida basta fazer uma transferência bancária, pelo Caixa Tem, para uma conta de mesma titularidade.

Há ainda a possibilidade de antecipar o procedimento através de fintechs como o Nubank, PagSeguro, MercadoPago, entre outros. Nesse caso, o cidadão deve gerar um boleto no valor que deseja sacar pelo próprio app do banco digital.

Na sequência, basta enviar o documento para o Caixa Tem, confirmar as informações apresentadas e fazer a prestação de contas. Dentro de um prazo de 24h a quantia será depositada na outra conta digital do cidadão.

Sobre o saque emergencial do FGTS

O benefício foi desenvolvido como uma das medidas de contenção de crise econômica do novo coronavírus. Ele está sendo ofertado desde o mês de junho e não deverá ser postergado para 2021.

É válido ressaltar que as quantias retiradas por ele não deverão ser restituídas pelo governo federal e são de responsabilidade do segurado.

Isso significa que caso faça o recebimento e tenha apenas R$1.045 na conta, o cidadão poderá zera-la sem previsão de novos depósitos, caso não trabalhe com carteira assinada.

Para bloquear o saque, a Caixa Econômica recomenda que o dinheiro não seja mexido no Caixa Tem até 30 de novembro. Ou, que o trabalhador notifique sobre o desejo 10 dias antes do depósito, período que já foi ultrapassado, considerando que agora só estão sendo permitidos os saques.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA