Aposentadoria do INSS: TUDO que você precisa saber antes de fazer o pedido

Está pensando em dar entrada no pedido de aposentadoria no INSS? É preciso, primeiro, analisar se este é o momento correto de fazer a solicitação. Algumas partes do processo precisam de atenção como: se as contribuições estão corretas, quais os documentos que precisam ser apresentados, e outros. 

publicidade
Quanto tempo falta para solicitar a aposentadoria do INSS? Veja aqui!
Aposentadoria do INSS: TUDO que você precisa saber antes de fazer o pedido! (Foto: reprodução/Google)
publicidade

Com a reforma da Previdência, que ocorreu em novembro de 2019, algumas regras de aposentadoria foram alteradas. Foi estabelecida na mudança uma idade mínima para ter direito ao benefício.

Além de regras de transição e um cálculo de benefício diferente. Para o cálculo são considerados todos os salários de contribuição desde julho de 1994. 

Nesse sentido, é preciso que os interessados em solicitar a aposentadoria analisem a situação para saber se já têm direito de se aposentar. 

Simulação de aposentadoria

Os interessados em solicitar a aposentadoria podem conferir a situação atual por meio de uma simulação no site Meu INSS ou no aplicativo para celular.

Na simulação é possível também encontrar qual é a regra de transição mais adequada. 

Para realizar o processo, acesse este link

Em seguida, clique em “Calcular tempo de contribuição”; 

Clique em “entrar” e faça o login com o cadastro no Meu INSS. 

Depois, basta clicar em “Simular Aposentadoria” e entender as características de seu tempo de contribuição. 

Neste mesmo portal, é possível realizar a solicitação de aposentadoria e também ter acesso a diversos outros serviços do INSS. 

Caso o trabalhador tenha conquistado o direito a aposentadoria antes da reforma entrar em vigor. É possível solicitar o benefício de acordo com as regras antigas. 

Conferir as informações

Para realizar a conferência dos dados registrados no INSS, utilize também o login do Meu INSS. 

O primeiro passo é analisar o Cadastro Nacional de Informações Sociais, o Cnis. Esses dados estão localizados na opção “Extrato de Contribuição” do Meu INSS. 

Com a carteira de trabalho e os holerites em mãos, confira as informações contidas nos documentos e analise com o que há no site do INSS. As datas de entrada e saída dos serviços precisam ser conferidas também. 

Caso haja alguma inconsistência, o interessado em solicitar a aposentadoria deve anexar os documentos corretos ao processo de solicitação de aposentadoria. 

Para comprovar os períodos de trabalho exercidos com contribuição que não estão na carteira de trabalho, o segurado deve protocolar uma Justificação Administrativa no INSS e levar documentos como holerites, crachás, recibos e até mesmo fichas de horários. 

Se o trabalho for exercido em serviço público, o trabalhador deve solicitar junto ao órgão a Certidão do Tempo de Contribuição. 

Mesmo simulando automaticamente pelo site do INSS, faça as contas do tempo de contribuição e analise se está no momento certo de pedir a aposentadoria.

AvatarLucas Santos
Lucas Santos é jornalista graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Possui experiência em assessoria de imprensa na Prefeitura Municipal de Cariacica e redação de notícias para o portal FDR. | Instagram @lucas.sanp | LinkedIn @lucassantospto