Desemprego: Taxa cai de 14,1% na 2ª semana de setembro para 13,7% na 3ª semana

Na última sexta-feira (9), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a taxa de desemprego está em 13,3 milhões de pessoas, o que equivale a 13,7%. O valor foi coletado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Covid (Pnad Covid), na avaliação da semana entre 13 e 19 de setembro.

publicidade
Taxa de desemprego cai para 13,7% no dia 13 a 19 de setembro
Taxa de desemprego cai para 13,7% no dia 13 a 19 de setembro (Paulo H. Carvalho/Agência Brasília)
publicidade

Na semana anterior ao tempo registrado, o número de desocupados era pouco maior, com 13,5 milhões de pessoas (14,1%). Na comparação com a semana de 3 a 9 de maio, o número de desempregados teve aumento considerável atualmente. Em maio, a quantidade era de 9,8 milhões de pessoas (10,5%).

População fora da força de trabalho

No caso das pessoas fora da força de trabalho, as que não trabalham e nem procuram por trabalho, foi estimado o número de 73,6 milhões. No mesmo período da semana anterior, foi indicado 74,6 milhões de pessoas.

Dessa parcela, 25,6 milhões de pessoas afirmaram que gostariam de trabalhar. Na semana anterior, a quantidade era de 26,0 milhões. Já na semana de 3 a 9 de maio, o número era de 27,1 milhões de pessoas.

A pesquisa também indica que 15,4 dessas pessoas, que estão fora da força de trabalho, não buscaram ocupação devido à pandemia ou por não encontrarem um emprego na localidade onde moravam. Esta parcela corresponde a 20,9% da quantidade fora da força.

Pessoas com ocupação

Com relação à população empregada, o IBGE estimou em 83,7 milhões. O resultado apresenta melhora em comparação à semana anterior, quando foi registrado 82,6 milhões de pessoas. Este número está próximo ao indicado na semana de 3 a 9 de maio, quando havia 83,9 milhões de ocupados.

Já no caso de quem está empregado, mas não foi afastado do trabalho, o número foi estimado em 78,2 milhões de pessoas. Esta quantidade representa alta considerável em relação à semana de 3 a 9 de maio, quando havia 63,9 milhões nessa situação.

Desse montante, 7,8 milhões de pessoas trabalhavam remotamente. Este número foi diminuindo conforme o tempo. Na semana anterior a ultima estimativa, havia 8,2 milhões e, de 3 a 9 de maio, havia 8,6 milhões de pessoas.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.