Bradesco é condenado a pagar INDENIZAÇÃO aos clientes após cobranças indevidas

O banco Bradesco foi condenado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais a indenizar uma cliente em R$6 mil por danos morais. A cliente aposentada apontou que teve seu benefício previdenciário descontado por meses devido a um empréstimo que não teve sua autorização, o que caracteriza cobrança indevida. A decisão foi determinada em primeira instância.

publicidade
Bradesco é condenado a pagar INDENIZAÇÃO aos clientes após cobranças indevidas
Bradesco é condenado a pagar INDENIZAÇÃO aos clientes após cobranças indevidas (Foto: Google)
publicidade

Segundo as informações que foram divulgadas pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o Bradesco se defendeu, alegando que houve a solicitação de um cartão de crédito consignado pela aposentada e apresentou ainda alguns documentos.

De acordo com o desembargador relator Saldanha da Fonseca, os valores foram descontados do seu benefício de maneira indevida e acarretaram em uma diminuição na renda da aposentada.

“Em virtude do ocorrido, a parte autora, ora apelante, não foi vítima de mero aborrecimento, e, sim, lesionada em sua dignidade, já que teve retirada de seu benefício previdenciário, sem lastro, quantia necessária para a quitação de despesas da normalidade”, afirmou o magistrado.

Mais informações sobre o Bradesco

Fundado em 1943 por Amador Guiar, O Bradesco é um dos principais grupos financeiros do Brasil. A instituição bancária nasceu com o objetivo de ser um banco democrático, com base no desenvolvimento econômico e social do território nacional.

O banco atendia no começo imigrantes, lavradores, pequenos comerciantes, empresários e proprietários de terras. Com a popularização do serviço, a matriz da instituição passou da cidade de Marília para a capital de São Paulo.

Entre os segmentos de operação do banco estão o bancário, investimentos, gestão de recursos, seguros, previdência, capitalização e consórcio. Para conseguir dar conta da demanda, a instituição conta com mais de 73 mil pontos de atendimento, além de 12 agências e subsidiárias no exterior.

O Bradesco também é responsável por 25,8 milhões de contas correntes, 63,4 milhões de contas-poupança e 53,4 milhões de clientes do grupo de seguros.

Segundo o grupo, a função do banco Bradesco é “contribuir para a realização das pessoas e para o desenvolvimento sustentável, mediante a oferta de soluções, produtos e serviços financeiros e de seguros, amplamente diversificados e acessíveis”. 

Sua visão é “ser a opção preferencial do cliente, tanto no mundo físico quanto no digital, diferenciando-se por uma atuação eficiente e para todos os segmentos de mercado”. 

Giovanna FreitasGiovanna Freitas
Giovanna Freitas é graduanda na Universidade Anhembi Morumbi (UAM), atualmente é redatora do portal FDR produzindo pautas sobre finanças.