Seguro desemprego: O que eu preciso para solicitar o benefício usando a internet?

Os trabalhadores que são demitidos sem justa causa, podem receber o seguro desemprego. Por conta da pandemia os pedidos foram priorizados pela internet, já que os postos estavam fechados. Saiba o que é necessário para solicitar. 

Seguro desemprego: O que eu preciso para solicitar usando a internet? (Imagem: Amanda Perobelli/Reuters)

O seguro desemprego é um direito dos brasileiros demitidos dos seus trabalhos, para que possam se manter por um período enquanto ainda não possuem outro emprego. São pagas de 3 a 5 parcelas consecutivas. 

O valor leva em consideração a média dos salários dos últimos 3 meses anteriores da dispensa do trabalhador. Pagando no mínimo R$1.045 e no máximo R$ 1.813,03 por parcela.

Os pescadores artesanais, empregados domésticos e o trabalhador resgatado, podem receber até 1 salário mínimo, ou seja, R$1.045. O depósito é liberado após 30 dias da requisição ou saque da parcela anterior.

Quais os documentos para solicitar o benefício?

Para solicitar o benefício na internet, o trabalhador precisa anexar os documentos e enviar na plataforma os documentos abaixo: 

  • Os documentos necessário para a solicitação são documento de identificação;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social, documento de Identificação de Inscrição no PIS/PASEP;
  • Requerimento de Seguro Desemprego / Comunicação de Dispensa impresso pelo Empregador Web no Portal Mais Emprego;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho​, com o código 01 ou 03 ou 88, devidamente homologado, para os contratos superiores a um ano de trabalho ou Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com menos de um ano de serviço ou Termo de Homologação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com mais de um ano de serviço, documentos de levantamento dos depósitos no FGTS ou extrato comprobatório dos depósito e CPF.

Com a volta dos serviços de atendimento, outra solução é ir presencialmente até um Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), Sistema Nacional de Empregos ou outros postos credenciados pelo Ministério do Trabalho, portando os documentos citados.

Como solicitar o seguro-desemprego?

  • O trabalhador deve acessar o site  Emprega Brasil e se cadastrar no site;
  • Na próxima página, é preciso preencher os seus dados como CPF, nome completo, telefone e e-mail. Depois você deve confirmar que não é um robô e aceitar os ‘Termos de Uso’ do site;
  • Confirme a data de nascimento do trabalhador;
  • Depois é só escolher a sua senha provisória, ela será enviada para o seu e-mail ou pelo seu celular que foi cadastrado;
  • Ofereça o código de validação e clicar em “validar cadastro”;
  • Após é só criar a sua senha definitiva;
  • Volte para o site e clique em entrar;
  • Procure por “Já tenho cadastro”;
  • Vão aparecer 5 perguntas sobre o seu histórico de trabalho e você deve acertar pelo menos 4 delas;
  • Preencha mais uma ficha, dessa vez de solicitação do seguro-desemprego;
  • Anexe os documentos solicitados;
  • Guarde o número de protocolo gerado.

Confira também um passo a passo em vídeo:

O dinheiro será depositado na conta informada, desde que não seja conta salário. Quem não for cliente de nenhum banco, terá uma conta criada automaticamente na Caixa Econômica Federal.

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.