Taxa dos títulos públicos prefixados voltou a crescer nesta terça (6)

Nesta terça-feira (6), os juros futuros registraram alta ao fim do dia. Da mesma forma, o mercado secundário de títulos públicos registrou um dia turbulento. Entre as preocupações dos investidores que causaram a instabilidade, estão as dúvidas sobre as contas públicas e a tensão nos Estados Unidos pelo pacote de incentivo econômico. O maior impacto aconteceu nas taxas dos DIs e LTNs.

Taxa dos títulos públicos prefixados voltou a registrar alta
Taxa dos títulos públicos prefixados voltou a registrar alta (Imagem: Reprodução/Google)

O prêmio da LTN para o início de 2024 teve alta para 31,2 pontos-base, de 0,312% em relação ao juro futuro. A taxa do DI para o mês de janeiro de 2024 foi registrado em 5,93% e a LTN em 6,242%. Para 2026, a taxa da LTF ficou em 0,4081%.

Preocupações entre os investidores

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, decidiu que a definição sobre os recursos utilizados para a Renda Cidadã será adiada até o fim das eleições municipais. Por conta da incerteza sobre como ficaria o teto de gastos, os investidores seguem em estado de alerta.

 “Entendemos que a confiança foi quebrada com as tentativas de flexibilizar a âncora fiscal e sem avanços de reformas” afirma Fabiano Ferrari, analista do banco Inter em relatório.

Mesmo que o governo volte atrás com a proposta da Renda Cidadã, não acreditamos em um fechamento imediato da curva, visto que incertezas estão elevadas e a desconfiança prevalece no mercado”, completa.

Outra notícia que a balou o mercado financeiro foi a decisão do presidente norte-americano Donald Trump em suspender o pacote de estímulos financeiros por conta da crise na pandemia. Ele ainda afirmou que a decisão fica adiada até o fim das eleições, no dia 3 de novembro.

“Assim que eu ganhar, votaremos um grande plano de ajuda que vai se concentrar nos trabalhadores e nas pequenas empresas americanas”, comentou em sua conta no Twitter. Como consequência dessa decisão unilateral, houve diversas criticas. O candidato à presidência do país, Joe Biden, fez forte crítica ao concorrente presidencial.

“Não se engane: se você está desempregado, se sua empresa está fechada, se a escola de seu filho está fechada, se você está vendo demissões em sua comunidade, Donald Trump decidiu hoje que nada disso – nada disso – importa para ele”, afirma.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.