Concurso TJ RJ recebe mudanças na comissão organizadora; entenda!

Comissão organizadora do concurso TJ RJ é modificada mediante a suspensão do certame. Se você vai tentar se candidatar a servidor público do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, fique atento. Nessa semana, o órgão informou que alterou os membros da comissão, levando em consideração as alterações nas datas da seleção. Confira os detalhes abaixo.  

Concurso TJ RJ recebe mudanças na comissão organizadora; entenda! (Imagem: Google)
Concurso TJ RJ recebe mudanças na comissão organizadora; entenda! (Imagem: Google)

Inicialmente, o concurso deveria ter sido aplicado ainda no primeiro semestre deste ano, mas ficou suspenso desde o dia 1 de abril mediante a chegada do novo coronavírus.

Desse modo, o TJ RJ deverá reabrir as inscrições apenas em 2021, apresentando seu novo cronograma no mês de dezembro deste ano. 

Sobre a nova comissão organizadora, ela apresentará os seguintes nomes:  

  • Desembargador Peterson Barroso Simão – Presidente da Comissão; 
  • Doutora Eunice Bitencourt Haddad – Juíza de Direito Auxiliar da Presidência; 
  • Doutor Gustavo Quintanilha Telles de Menezes, Juiz de Direito Auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça; 
  • Senhor Gabriel Albuquerque Pinto, Diretor-Geral da Diretoria-Geral de Gestão de Pessoas; 
  • Senhor Alessandro Borges Valente, Diretor da Divisão de Captação do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas da Diretoria-Geral de Gestão de Pessoas. 

Detalhes do concurso TJ RJ 

Ao todo, serão disponibilizadas 160 vagas, sendo 85 para cargos técnicos e 75 para analistas judiciários. É necessário ter o nível médio e superior para tentar as oportunidades.

Os salários iniciais variam entre R$ 3.870,06 e R$ 6.373,89, podendo chegar ao valor máximo de R$ 10.768,11 com complementos.  

Em ambos os casos, a carga horária é de 40h semanais e haverá uma distribuição de vagas nas seguintes regiões: Rio de Janeiro (33 vagas), Niterói (9), Petrópolis (7), Duque de Caxias (8), Volta Redonda (6), Campos de Goytacazes (7), Vassouras (1), Itaquaí, (5), Nova Friburgo (4), Itaperuna (1) e Cabo Frio (4). 

No caso dos analistas, terão 31 postos sem especialidades e 44 ocupando as seguintes posições: contador (2), execução de mandados (10), psicólogo (5), assistente social (5), comissário da infância, juventude e idoso (5), médico (6), médico psiquiatra (1), analista de negócios (2), analista de infraestrutura (2), analista de projetos (1), analista de segurança da informação (2), analista de sistemas (2) e analista de gestão de TIC (1). 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.