Taxa média de juros e de inadimplência das famílias CAEM no mês de agosto

De acordo com o Banco Central (BC), as famílias pagaram taxas de juros mais baixas no mês de agosto. Segundo dados que foram divulgados nesta segunda-feira (28), a taxa média de juros para pessoas físicas no crédito livre chegou a 39% ao ano. Esse resultado mostra que houve uma diminuição de 0,9 ponto percentual na taxa média de juros para famílias em relação a julho. Saiba mais.

Taxa média de juros e de inadimplência das famílias CAEM no mês de agosto
Taxa média de juros e de inadimplência das famílias CAEM no mês de agosto (Foto: Google)

A taxa média de juros para empresas se estabelece em 12,4% ao ano.

Os juros médios do rotativo do cartão de crédito também tiveram uma diminuição. A taxa chegou a 310,2% ao ano, com diminuição de 1,8 ponto percentual. No caso do rotativo regular, quando o cliente paga pelo menos o valor mínimo da fatura, a taxa chegou a 270,3% ao ano, queda de 8,9 pontos percentuais. 

Esse percentual segue muito alto, apontando que ainda se deve evitar ao máximo usar o crédito rotativo do cartão.

Juros do crédito rotativo

A taxa do rotativo não regular (dos clientes que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura) aumentou e chegou a 335,2% ao ano, alta de 3,5 pontos percentuais em relação ao mês anterior.

Essas taxas são do crédito livre, em que os bancos possuem autonomia para emprestar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros cobradas dos clientes. O crédito direcionado possui normas estabelecidas pelo governo, e é destinado aos setores habitacional, rural, de infraestrutura e ao microcrédito.

Taxa do crédito direcionado se mantém estável para pessoas físicas

O crédito direcionado mantém a taxa média para pessoas físicas estável em 7,1% ao ano. Já a taxa do crédito direcionado para as empresas aumentou 0,3 ponto percentual para 7,4% ao ano.

A taxa de inadimplência obteve uma queda no mês de agosto 

A taxa de inadimplência (levados em consideração atrasos acima de 90 dias) das famílias, no crédito livre, diminuiu 0,3 ponto percentual, indo para 4,8%. Já a inadimplência das empresas no crédito livre obteve um recuo de 0,2 ponto percentual para 1,6%, de acordo com o Banco Central.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.