Auxílio emergencial deixará de ser pago para 5,7 milhões de pessoas na nova rodada

PONTOS CHAVES

  • Governo reduz valores do auxílio emergencial 
  • Mais de 5,7 milhões de pessoas são excluídas do projeto
  • Novos calendários são anunciados

Extensão do auxílio emergencial exclui mais de 5 milhões de brasileiros. No último dia 17, o governo federal começou a liberar os novos valores do auxílio emergencial para os segurados do Bolsa Família. O grupo foi o primeiro a ter acesso a quinta parcela do benefício, que contou com uma redução de R$ 300 em seu valor. Dessa forma, para reduzir os gastos federais, foram alteradas também as regras de concessão, fazendo com que o valor orçamentário fosse reduzido em mais da metade.

Auxílio emergencial deixará de ser pago para 5,7 milhões de pessoas na nova rodada (Foto:Google)
Auxílio emergencial deixará de ser pago para 5,7 milhões de pessoas na nova rodada (Foto: Google)
publicidade

A extensão do auxílio emergencial foi aprovada depois de muita resistência por parte da equipe econômica. Desde que passou a ser estudada, a proposta foi motivo de críticas do ministro Paulo Guedes, afirmando que o governo não teria recursos o suficiente para custeá-la.

Diante deste cenário, a alternativa encontrada pelos gestores foi a redução do seu valor e a alteração nas normas de acesso.

Para os segurados do Bolsa Família, por exemplo, o corte significou mais da metade do número de contemplados, tendo em vista que o valor do benefício foi reduzido pela metade. Agora, as pessoas têm acesso ao limite de apenas R$ 300 por lar.

Já no caso das modificações de normas, o governo vem realizando uma série de vistorias para desligar aqueles que apresentam vínculos de trabalho ou outro meio de comprovação de renda.

Além disso, os contemplados que tiveram os registros aprovados após o mês de maio terão as quantias suspensas ou reduzidas, tendo em vista que as parcelas são serão ofertadas de forma acumulativa.

Como saber se tem acesso

Para conferir se estará incluso ou não na nova folha de pagamento do projeto, o cidadão deve acessar o aplicativo do auxílio emergencial e verificar se seu cadastro ainda está validado. As consultas devem ser feitas mediante as datas dos novos calendários, publicadas logo abaixo.

Outra opção também, caso seja desligado incorretamente, é ir até uma agência da Caixa Econômica ou entrar em contato com os administradores do Cadastro Único para identificar o motivo do corte.

Números dos cortes

De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio Barreto, cerca de 5,7 milhões de beneficiários do auxilio emergencial serão desligados do projeto.

Ele explicou que a redução se dá mediante ao corte das novas parcelas para aqueles que entraram atrasados no programa. Reforçando que não será necessário e possível liberações duplas em um mesmo cronograma de saque.

O representante afirmou ainda que 250 mil processos estão em avaliação legal para revisões de concessão do benefício.

Auxílio emergencial deixará de ser pago para 5,7 milhões de pessoas na nova rodada (Foto:Google)
Auxílio emergencial deixará de ser pago para 5,7 milhões de pessoas na nova rodada (Foto:Google)

Organização dos novos ciclos

Para manter os pagamentos das novas parcelas, o governo criou mais quatro novos ciclos determinados de acordo com a data de aceite no programa. Para quem é do grupo três, significa estar incluso ainda no mês de abril.

O grupo quatro é para quem foi aceito em maio. O cinco para os aprovados em junho e o seis para os inclusos em julho.

Quanto mais tarde for aceito, menor serão a quantidade de parcelas. Terá direito a extensão total as pessoas inseridas na primeira rodada.

Novos calendários de pagamentos

Ciclo 3

  • Nascidos em janeiro – pagamentos 30/09 e saques 07/11
  • Nascidos em fevereiro – pagamentos 05/10 e saques 07/11
  • Nascidos em março – pagamentos 07/10 e saques 14/11
  • Nascidos em abril – pagamentos 09/10 e saques 21/11
  • Nascidos em maio – pagamentos 11/10 e saques 21/11
  • Nascidos em junho – pagamentos 14/10 e saques 24/11
  • Nascidos em julho – pagamentos 16/10 e saques 26/11
  • Nascidos em agosto – pagamentos 21/10 e saques 28/11
  • Nascidos em setembro – pagamentos 25/10 e saques 28/11
  • Nascidos em outubro – pagamentos 28/10 e saques 01/12
  • Nascidos em novembro – pagamentos 29/10 e saques 05/12
  • Nascidos em dezembro – pagamentos 01/11 e saques 05/12

Ciclo 4

  • Nascidos em janeiro – pagamentos 30/10 e saques 07/11
  • Nascidos em fevereiro – pagamentos 04/11 e saques 07/11
  • Nascidos em março – pagamentos 05/11 e saques 14/11
  • Nascidos em abril – pagamentos 06/11 e saques 21/11
  • Nascidos em maio – pagamentos 08/11 e saques 21/11
  • Nascidos em junho – pagamentos 11/11 e saques 24/11
  • Nascidos em julho – pagamentos 12/11 e saques 26/11
  • Nascidos em agosto – pagamentos 13/11 e saques 28/11
  • Nascidos em setembro – pagamentos 15/11 e saques 28/11
  • Nascidos em outubro – pagamentos 16/11 e saques 01/12
  • Nascidos em novembro – pagamentos 18/11 e saques 05/12
  • Nascidos em dezembro – pagamentos 20/11 e saques 05/12

Ciclo 5

  • Nascidos em janeiro – pagamentos 22/11 e saques 19/12
  • Nascidos em fevereiro – pagamentos 23/11 e saques 19/12
  • Nascidos em março – pagamentos 25/11 e saques 04/01
  • Nascidos em abril – pagamentos 27/11 e saques 06/01
  • Nascidos em maio – pagamentos 29/11 e saques 11/01
  • Nascidos em junho – pagamentos 30/11 e saques 13/01
  • Nascidos em julho – pagamentos 02/12 e saques 15/01
  • Nascidos em agosto – pagamentos 04/12 e saques 18/01
  • Nascidos em setembro – pagamentos 06/12 e saques 20/01
  • Nascidos em outubro – pagamentos 09/12 e saques 22/01
  • Nascidos em novembro – pagamentos 11/12 e saques 25/01
  • Nascidos em dezembro – pagamentos 12/12 e saques 27/01

Ciclo 6

  • Nascidos em janeiro – pagamentos 13/12 e saques 19/12
  • Nascidos em fevereiro – pagamentos 13/12 e saques 19/12
  • Nascidos em março – pagamentos 14/12 e saques 04/01
  • Nascidos em abril – pagamentos 16/12 e saques 06/01
  • Nascidos em maio – pagamentos 17/12 e saques 11/01
  • Nascidos em junho – pagamentos 18/12 e saques 13/01
  • Nascidos em julho – pagamentos 20/12 e saques 15/01
  • Nascidos em agosto – pagamentos 20/12 e saques 18/01
  • Nascidos em setembro – pagamentos 21/12 e saques 20/01
  • Nascidos em outubro – pagamentos 23/19 e saques 22/01
  • Nascidos em novembro – pagamentos 28/12 e saques 25/01
  • Nascidos em dezembro – pagamentos 29/12 e saques 27/01

 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.