Preços ao produtor atingem maior ALTA no mês de agosto; confira os alimentos mais caros

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirmou nesta terça-feira (29) que os preços tiveram alta histórica em agosto ao produtor. O valor de inflação registrado pelo Índice de Preços ao Produtor (IPP) foi de 3,28% em relação a julho. No mês anterior, a porcentagem foi de 3,22%. O registro dos dados começou a ser feito em 2014.

Preços ao produtor atingem maior alta no mês de agosto
Preços ao produtor atingem maior alta no mês de agosto (Imagem: Reprodução/Google)

Em agosto de 2019, a elevação foi de 0,91%. O acumulado anual foi de 10,80% e o acumulado em 12 nesses foi de 13,74%. A proposta do IPP é de medir a evolução dos preços de produtos sem considerar o valor dos impostos e fretes. A avaliação acontece por divisão em atividades e por grandes categorias econômicas.

Maiores altas nos preços

Todas as 24 atividades industriais registraram alta em agosto. Os setores que registram os maiores aumentos foram as indústrias extrativas (8,43%), refino de petróleo e produtos de álcool (6,24%), outros produtos químicos (4,13%) e alimentos (4,07%).

Nas indústrias extrativas, a subida de 8,43% representou a quinta anual consecutiva. Se levar em consideração em relação a agosto de 2019, a variação foi de 17,56%.

Para o valor do refino de petróleo e produtos de álcool, a variação de 6,24% representou a terceira alta seguida. O valor desses três meses representa alta de 38,98%. Apesar disso, o acumulado anual ainda é de baixa no preço de 11,41%.

Com relação às indústria química, a alta foi de 4,13%, sendo o segundo aumento consecutivo. Em 2020 o preço teve aumento de 12,88%. De agosto de 2019 até o mesmo período deste ano, a variação foi de 10,09%.

No setor alimentar, houve aumento em 4,07%. Este foi o maior aumento desde março, que tinha subido 4,23%. “Foram quatro produtos que mais impactaram o resultado da indústria alimentar: farelo de soja, óleo de soja, arroz descascado branqueado e leite esterilizado UHT longa vida”, afirmou Manuel Campos Souza Neto, gerente do IPP.

“O arroz e os produtos de soja são também influenciados pelos preços do mercado externo, pois também são exportados”, prosseguiu.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.