Quantidade de empresas MEI ultrapassa os 50% no Brasil

Dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira (17) revelam que mais de 50% das empresas ativas durante o mês de agosto são MEIs no Brasil. Em números, 10,689 milhões das empresas são micro empreendedores individuais dentre as 19,289 milhões ativas.

Quantidade de empresas MEI ultrapassa os 50% no Brasil
Quantidade de empresas MEI ultrapassa os 50% no Brasil (Imagem: Reprodução/Google)

Mesmo com a porcentagem alta, 2020 apresentou uma queda na criação das MEIs. Entre maio e agosto houve uma alta de 2% comparada ao mesmo período do ano anterior. Foram 1,114 milhões de empresas criadas.

Comparada com os primeiros quatro meses deste ano, a alta foi de 6%.

O secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro, acredita que o aumento na abertura de negócios individuais poderia ter sido maior se não fosse a desaceleração ocorrida devido a pandemia. Porém, em junho começou a ocorrer uma recuperação.

Comparada ao segundo quadrimestre de 2019, uma queda de 17,1% foi registrada em relação ao número de empresas fechadas. Um total de 331.569. Comparada aos quatro primeiros meses deste ano, a queda foi de 6,6%.

Segundo dados, o comércio de roupas e acessórios registrou os maiores números tanto em relação às aberturas quanto aos fechamentos durante os meses de maio, junho, julho e agosto deste ano. No total foram 68.711 empresas aberturas contra 22.961 fechadas.

Pronampe

O Governo Federal tem criado soluções para auxiliar no desenvolvimento dos negócios brasileiros nesta época de pandemia. Um exemplo é o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

O programa é destinado ao desenvolvimento das microempresas e empresas de pequeno porte do país. A Lei nº 13.999, que regulariza o Pronampe foi instituída em 18 de maio de 2020.

As micro e pequenas empresas poderão utilizar os recursos obtidos para realizar investimentos (adquirir máquinas e equipamentos, realizar reformas) e/ou para despesas operacionais (salário dos funcionários, pagamento de contas como água, luz, aluguel, compra de matérias primas, mercadorias, entre outras).

O prazo máximo de pagamento das operações contratadas é de 36 meses.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA