Firjan Senai está com inscrições abertas para cursos gratuitos; 5 mil vagas disponíveis

Trabalhadores do Rio de Janeiro podem fazer cursos de qualificação gratuitos e sem sair de casa. A Firjan Senai acaba de liberar um novo edital ofertando mais de 4 mil vagas para atividades de especialização profissional. Os interessados devem se inscrever até o dia 27 de setembro e as atividades serão realizadas por acesso remoto. Para poder participar é preciso ter uma renda máxima de até R$ 1,5 salário mínimo.  

Firjan Senai está com inscrições abertas para cursos gratuitos; 5 mil vagas disponíveis (Imagem: Google)
Firjan Senai está com inscrições abertas para cursos gratuitos; 5 mil vagas disponíveis (Imagem: Google)

Se você está procurando por uma chance de atualizar seu currículo, fique atento. A Firjan Senai do Rio de Janeiro está selecionando profissionais para participar de seus cursos de capacitação.

Ao todo, serão ofertadas 4,631 vagas gratuitas para um total de 20 cursos. A carga horária varia entre 160h e 276h com início marcado para o dia 28 de setembro.  

Como participar 

Para poder se inscrever é preciso ter ao menos 18 anos e se enquadrar na faixa de renda já mencionada.

Os interessados têm até o dia 27 de setembro para se conectarem no site da Firjan Senai e sinalizarem o interesse. É preciso fornecer dados de identificação pessoal e meios para contato.  

A seleção não contará com provas e os escolhidos serão nomeados a partir de sua ordem de inscrição considerando o número de vagas disponível. Após essa triagem, a instituição irá conferir as documentações e se tudo estiver de acordo a matrícula é efetivada.  

Áreas de atuação 

Há oportunidades para as seguintes áreas: Eletricista Instalador Residencial, Assistente de Marketing Digital, Desenvolvedor de Aplicativo, Mecânico de Refrigeração e Climatização Residencial, Auxiliar de Operações Logísticas e Editor de Projeto Visual Gráfico.  

Efeitos da pandemia incentivam a tecnologia  

Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI, explicou que a realização dos cursos pela internet tem como finalidade fazer com que os trabalhadores se familiarizem com esse ambiente tecnológico que será cada vez mais utilizado por causa da pandemia.  

“Com a pandemia, muitas restrições foram impostas a pessoas e instituições, destacando a suspensão das aulas presenciais. Nesse contexto e com o foco na formação do aluno com a qualidade da Firjan SENAI, mergulhamos nos processos de aprendizagem e estruturamos oferta de cursos viáveis para desenvolvimento on-line, com a certeza de atender as necessidades da indústria e da sociedade em geral”, afirma Melo.  

Cursos de qualificação profissional do Firjan Senai 

  • Administrador de Banco de Dados;  
  • Almoxarife;  
  • Assistente de Controle de Qualidade;  
  • Assistente de Marketing Digital;  
  • Assistente de Moda – Desenvolvimento de Coleção;  
  • Assistente de Produção Industrial;  
  • Auxiliar de Operações Logística; 
  • Controlador e Programador de Produção EAD;  
  • Desenhista de Projetos Elétricos Indústrias;  
  • Desenvolvedor de Aplicativos;  
  • Editor de Projeto Visual Gráfico;  
  • Eletricista Instalador Industrial EAD;  
  • Eletricista de Automóveis EAD;  
  • Instalador e Reparador de Redes de Computadores;  
  • Mantenedor e Controler de Plantas Industriais;  
  • Mecânico de Manutenção de Equipamentos Hidropneumáticos;  
  • Mecânico de Refrigeração e Climatização Residencial EAD;  
  • Operador de Sistemas Computacionais em Rede;  
  • Pizzaiolo; 
  • Supervisor de Confecção. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.