INSS briga na Justiça e agências voltam a funcionar em SP nesta quinta-feira

A decisão judicial que havia suspendido a reabertura gradual das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no estado de São Paulo foi revertida pelo próprio instituto. Sendo assim, 128 unidades voltam a operar presencialmente a partir desta quinta-feira (17).

INSS briga na Justiça e agências voltam a funcionar em SP nesta quinta-feira
INSS briga na Justiça e agências voltam a funcionar em SP nesta quinta-feira (Imagem: Montagem/FDR)

Vale ressaltar que o estado tem mais de 128 agências, então o segurado deve acessar o site do INSS para conferir quais unidades estarão abertas

Na edição, o tribunal afirma que as agências estão aptas para garantir a segurança dos segurados e dos servidores que irão comparecer presencialmente às unidades.

Declarou ainda que o serviço prestado pelo INSS é de caráter essencial e que a não realização de parte dos serviços pode prejudicar os segurados.

A ação que havia pedido a suspensão da reabertura gradual das agências no estado havia sido feita pelo Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social no Estado de São Paulo.

Além de ser gradual, o retorno do funcionamento das agências trazem novidades. Todo atendimento, a partir desta quinta-feira (17), deve ser agendado previamente pela internet. Os serviços presenciais serão oferecidos em horário reduzido: das 7h às 13h.

Foi criada também uma escala de prioridade nos atendimentos, sendo ela: avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional.

O agendamento prévio do segurado pode ser feito de duas formas: pelo aplicativo Meu INSS, disponível gratuitamente nos sistemas Android e iOs, ou pela central de atendimento, no telefone 135. O INSS frisa que segurados sem agendamentos não serão atendidos.

Por causa das novas medidas de segurança, o INSS recomenda que adultos compareçam às agências sem acompanhantes ou crianças.

O limite restrito de pessoas nas unidades devem ser respeitados para, assim, evitar aglomerações e conter um novo avanço da Covid-19. O uso de máscaras também se faz obrigatório para todos.

De todos os serviços oferecidos pelo INSS, apenas os peritos médicos não voltaram ao trabalho, uma vez que as salas passam por readequação para as novas normas de segurança. Neste caso, o segurado que tinha perícia médica agendada deve desconsiderar e fazer uma nova remarcação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.