INSS estuda forma segura para retorno das agências após funcionários ameaçarem greve

PONTOS CHAVES

  • Agências do INSS reabrirão na próxima segunda-feira
  • Servidores ameaçam entrar em greve com decisão de reabertura
  • Administração reforça protocolos de segurança
  • Cidadãos deverão fazer agendamento online

Reabertura do INSS deverá ocorrer de forma gradativa após ameaça de greve. Desde o primeiro semestre, as agências do Instituto Nacional do Seguro Social precisaram paralisar suas atividades presenciais mediante a chegada do novo coronavírus. No entanto, após mais de 4 meses de portas fechadas, a administração do órgão anunciou que retornará a partir da próxima segunda-feira (14). 

INSS estuda forma segura para retorno das agências após funcionários ameaçarem greve (Imagem: Reprodução Google)
INSS estuda forma segura para retorno das agências após funcionários ameaçarem greve (Imagem: Reprodução Google)

A decisão de retornar não foi bem vista entre os próprios servidores que avaliam a possibilidade de uma paralisação nacional. 

A pandemia do novo coronavírus precisou fechar as portas de todas as unidades do INSS. O órgão tem como público alvo pessoas acima de 60 anos, sendo estas consideradas o principal grupo de risco para a infecção da doença.

Dessa forma, ao anunciar o retorno presencial na próxima semana, o instituto encontrou uma série de problemas, entre eles uma ameaça de greve. 

Os servidores, acobertados pela Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores da Previdência Social (Fenasps), tiveram a aprovação do estado de greve sanitária, iniciado desde a última segunda-feira (08).

Dessa forma, o INSS precisou reavaliar os procedimentos de abertura para que aconteça de maneira mais segura.  

Novos protocolos de atendimento no INSS 

Para poder reabrir as portas, a administração do instituto informou que estará realizando uma inspeção técnica em todas as agências brasileiras. O procedimento será realizado por médicos peritos e contará com a avaliação e readequação de todo o espaço de modo que evite o contágio pela covid-19.  

Só poderão ser reabertas as unidades que passarem por esse processo de vistoria. Dessa forma, acreditasse que a retomada será novamente adiada.

Todas as sedes precisaram ser reconfiguradas para que haja distanciamento entre as baias de atendimento e também será preciso ofertar equipamentos de segurança para todos os funcionários.  

Inicialmente, de acordo com os estudos feitos pelo próprio INSS, das 1.110 agências nacionais, apenas 500 apresentam características seguras para a reabertura. O restante da avaliação deverá ser publicado até o fim desta semana.  

INSS estuda forma segura para retorno das agências após funcionários ameaçarem greve (Imagem: Reprodução Google)
INSS estuda forma segura para retorno das agências após funcionários ameaçarem greve (Imagem: Reprodução Google)

Atendimentos sob agendamento 

No que diz respeito aos cidadãos, só poderão ser recebidos aqueles que realizarem um agendamento pela internet. Na hora de marcar o atendimento, o segurado precisará informar sua condição de saúde, afirmando não conter sintomas da doença.  

Outro ponto importante é que o horário de funcionamento será reduzido, sendo das 7h às 13h de segunda a sexta-feira.

Vice-presidente da Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), Francisco Cardoso, reforça que, além da vistoria nas unidades será preciso que o INSS treine seus técnicos para que sejam mantidas normas de higienização na equipe. 

Só depois da vistoria, será possível ter uma noção do real cenário para ver quais as agências estariam aptas para a reabertura. Além disso, para a perícia médica funcionar em uma unidade, é preciso a presença de outros técnicos administrativos. Se o corpo técnico não estiver presente, não haverá funcionamento de perícia médica nas agências. Estando a agência com a estrutura adequada dentro das normas e com os funcionários presentes, é possível pensar em retorno. Os peritos estão indo a todas as agências. O INSS deu uma lista de agências que ele acha que estão aptas para abrir no Brasil todo, das maiores às menores — explica Cardoso. 

Como fazer um agendamento  

Para poder agendar o atendimento no INSS, você deve primeiro acessar o Meu INSS e se conectar com sua senha de acesso pessoal. Feito isso, basta abrir o menu principal do aplicativo e selecionar a opção de atendimento.  

Na hora de preencher o formulário de interesse, você deverá informar o serviço que deseja resolver. Além disso, deve por seu endereço para assim escolher a unidade mais próxima de sua residência.

Por fim, basta imprimir o comprovante onde há o dia e horário marcado e apresentá-lo quando chegar até uma agência.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA