Nesta quinta-feira (10), o Itaú Unibanco lançou uma linha de crédito imobiliário corrigida pela caderneta de poupança. A novidade vem em um momento em que os bancos estão mais agressivos para atrair clientes com operações a longo prazo após a queda da taxa de juros do país.

publicidade
Crédito Imobiliário corrigido pela poupança é lançado pelo Itaú; conheça!
Crédito Imobiliário corrigido pela poupança é lançado pelo Itaú; conheça! (Foto:Google)
publicidade

O banco oferece empréstimos para compra da casa própria com taxa fixa de 3,99% mais o juro remuneratório da poupança, tendo um índice de 5,39% ao ano atualmente, conforme os dados fornecidos pelo Itaú aos agentes imobiliários.

O fator principal de venda para o produto é o estabelecimento de um teto de taxa de juros, alcançando o máximo de 10,16% ao ano, sendo não obrigatório avisar o cliente quando a taxa do contrato aumentar.

O banco fez uma simulação em que a primeira parcela com taxa de juros da linha tradicional,de 7,3% ao ano, é de R$3.561. A nova prestação é de R$2.943, com taxa anual de 5,39%. O valor do financiamento total retrocede em quase R$60 mil, levando em consideração um prazo de 30 anos para um imóvel avaliado em R$708 mil, em que 411 mil são financiados, mantendo a taxa anual.

 Em agosto de 2019, a Caixa Econômica Federal anunciou uma linha de crédito imobiliário referencial no IPCA. 

A linha nova do banco permite também o uso do FGTS como parcela do pagamento, considerando um financiamento que se enquadre nas normas da Caixa Econômica Federal.O comprador pode fazer parte da renda com mais um integrante.

Ela vale apenas para financiar a compra de imóveis residenciais, em que o valor da entrada deve ser pelo menos 18% do valor de avaliação do bem.

O banco não irá permitir que nesta linha tenha a portabilidade de financiamento realizado em outros bancos. A migração da taxa de juros da poupança para uma pré-fixada no período em que se estender o contrato não será permitida também.O Itaú irá avaliar os pedidos de migração de linhas atuais ligadas a outros índices para este atrelado à poupança. 

Giovanna Freitas é graduanda na Universidade Anhembi Morumbi (UAM), atualmente é redatora do portal FDR produzindo pautas sobre finanças.