Bolsonaro garante: auxílio emergencial será pago até dezembro!

Jair Bolsonaro afirmou na última sexta-feira, 21, que o auxílio emergencial vai ser estendido até o final do ano, mas não cravou o valor que será pago. Até a quinta parcela, paga atualmente ao Bolsa Família, o valor da ajuda é de R$600.

Bolsonaro garante: auxílio emergencial será pago até dezembro!
Bolsonaro garante: auxílio emergencial será pago até dezembro! (Imagem: FDR)

A última parcela para os beneficiários do Bolsa Família termina os depósitos no final de agosto.

“O Auxílio Emergencial foi bem-vindo, mas ele custa R$ 50 bi de reais, e infelizmente não pode ser definitivo, mas vamos continuar com ele, mesmo com valores diferentes, até que a economia possa pegar em nosso país”, explicou Bolsonaro em seu discurso.

Esta confirmação sobre a extensão do auxílio até o final do ano veio após um pedido de uma apoiadora. Ele confirmou a prorrogação mas não falou de valores.

Auxílio Emergencial

A ajuda governamental foi lançada em abril em meio a crise econômica do coronavírus e previa o pagamento de três parcelas no valor de R$600. Já em julho, o auxílio foi estendido e passou a ter cinco parcelas, sendo de suma importância para os rendimentos dos trabalhadores.

O governo vem demonstrando a possibilidade de extensão do auxilio há algum tempo, mas ainda não comunicou de que forma isto aconteceria, nem valores e nem quantas parcelas adicionais seriam.

Enquanto a espera pelas novas parcelas é grande, a equipe econômica de Paulo Guedes segue trabalhando no novo programa assistencial, o Renda Brasil, que vem para substituir o Bolsa Familia.

Como ainda falta um bom caminho a percorrer para a implantação do Renda Brasil, o governo tenta estender o auxílio para que não aconteça uma janela de abandono aos mais de 60 milhões de recebedores do benefício de emergência.

Presidente elogia parlamentares

Durante sua viagem pelos estados do Nordeste, Bolsonaro elogiou os deputados que foram favoráveis à manutenção do veto sobre a concessão de reajustes salariais aos servidores públicos que estão na linha de frente no combate a pandemia até 2021.

“Ali (Câmara Federal) tinham várias correntes mas entre as várias, a maioria passou a marchar do nosso lado. Como os parlamentares que temos aqui que foram muito valorosos na manutenção do veto no dia de ontem, que podia complicar o Brasil na questão econômica. Meus agradecimentos a todos os parlamentares do Rio Grande do Norte por este voto corajoso no dia de ontem”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.