INSS: Agende a entrega dos seus documentos no sistema drive thru

Nesta terça-feira (18), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou a prestar o serviço de Exigência Expressa, mas com agendamento prévio. A ideia é que os cidadãos apresentem os documentos complementares para realização do seu pedido. 

INSS: Agende a entrega dos seus documentos no sistema drive thru
INSS: Agende a entrega dos seus documentos no sistema drive thru (Foto: FDR)

Os requerentes devem agendar o depósito de cópias da documentação nas urnas que estão localizadas em algumas agências, como uma espécie de drive thru.

Os solicitantes podem fazer o seu agendamento por meio do telefone 135, pelo site Meu INSS ou pelo aplicativo Meu INSS. 

As agências do INSS seguem fechadas por conta da pandemia do novo coronavírus. E a previsão é que abram entre a última semana de agosto, ou início de setembro. 

Entrega dos documentos

Os documentos são entregues sem que haja contato físico e sem acesso ao interior das agências. Além disso, o segurado não recebe protocolo ou recibo de entrega dos documentos.

Essas exigências são informadas pelo INSS depois de analisar inicialmente o pedido realizado e identificando a necessidade de documentos complementares.

De acordo com o órgão, caso seja necessária alguma documentação, o segurado é notificado via e-mail, carta, SMS ou aplicativo.

Assim, depois dessa notificação ele deve agendar a entrega do documento em uma agência próxima.

No inicio de julho, o serviço começou a ser oferecido de forma experimental em São Paulo, mas agora valerá para todos os estados do país.

No período de teste, o total de processos que aguardam cumprimento de exigências caiu de 170 mil para pouco mais de 125 mil.

Essa ferramenta não pode ser utilizadas para o cumprimento de exigência de requerimento de auxílio-doença com documento médico. Em casos assim, o segurado só pode anexar documentos pelo site ou aplicativo.

Agências do INSS

As agências do INSS estão fechadas desde março e na reabertura, que acontecerá entre o fim de agosto e início de setembro, será retomado cerca de 80% do atendimento.

Sendo priorizados os serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional.

Com o retorno destes serviços a ideia é acelerar os processos, uma vez que precisam essencialmente do atendimento presencial.

Na volta, o atendimento será agendado, e as pessoas sem agendamento não serão atendidas nas agências para evitar aglomerações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.