IPVA 2020: Governo prorroga prazo de entrega dos documentos para isentos na Paraíba

A Sefaz-PB (Secretaria de Estado da Fazenda) adiou novamente o fim do prazo para a entrega dos documentos de pessoas isentas do pagamento do IPVA 2020. O novo prazo já está publicado em uma portaria do órgão.

IPVA 2020: Governo prorroga prazo de entrega dos documentos para isentos na Paraíba
IPVA 2020: Governo prorroga prazo de entrega dos documentos para isentos na Paraíba (Imagem Google)

Os donos de veículos com placas de final 3 a 7 podem apresentar seus documentos em datas que se estendem até o mês que vem.

Segundo o Governo da Paraíba, as datas para a entrega das documentações foram prorrogadas em decorrência do fechamento das repartições fiscais por causa do coronavírus.

A Sefaz ressaltou que o adiamento da entrega da documentação do IPVA vale somente para as pessoas que pediram a isenção do imposto até o dia 31 de dezembro de 2019, nas repartições públicas do estado.

Novo calendários para isentos no IPVA 2020 PB

Final de placa Nova data
3 31 de agosto
4 31 de agosto
5 31 de agosto
6 30 de setembro
7 30 de setembro

IPVA 2020: Parcelamento do imposto no Paraná

Os contribuintes do IPVA 2020 no Paraná, já podem pedir o parcelamento do imposto. O motivo do parcelamento, segundo o Governo do Pará, é mais uma medida de contornar a crise econômica em meio a pandemia do coronavírus.

Os proprietários de veículos comprados até 31 de dezembro de 2019 e que não conseguiram pagar o IPVA 2020, podem pedir o parcelamento do imposto até o dia 17 de agosto.

A dívida pode ser dividida em até seis vezes com parcelas de R$106,60 no mínimo. Cada parcela terá o acréscimo da multa, juros e outros encargos fiscais.

Para pedir o parcelamento é preciso entrar no site da Secretaria Estadual da Fazenda. Ao pagar a primeira parcela, o Detran vai emitir o licenciamento.

O parcelamento será suspenso nas seguintes situações:

  • Atraso no pagamento de três parcelas, consecutivas ou não;
  • Valor de atraso equivalente a três parcelas;
  • Falta de pagamento das duas últimas parcelas ou do saldo residual, por prazo superior a 60 dias.

Segundo o governo federal, até o mês de junho a inadimplência do IPVA foi de cerca de 23,7%. Quando comparado com o mesmo período de 2019, vemos que a inadimplência foi menor atingindo 20%.

Ao todo, R$ 890 milhões poderão ser parcelados pelos contribuintes, de acordo com a Secretaria da Fazenda.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.