O cidadão alagoano tem mais uma novidade para ter acesso ao boleto do IPVA 2020. O setor de atendimento fazendário alagoano, já tem sido modernizado e agora ganhou mais uma mudança. Estamos falando da assistente virtual Nise, que emite documento de arrecadação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

publicidade
IPVA 2020: Alagoas cria novo método para acessar o boleto no site da Sefaz
IPVA 2020: Alagoas cria novo método para acessar o boleto no site da Sefaz (Montagem/ FDR)
publicidade

O processo é muito prático e rápido, pois através de uma conversa por chat, o usuário tem acesso aos serviços oferecidos pela Secretaria da Fazenda.

Como acessar o boleto do IPVA 2020?

O primeiro passo é fazer um cadastro na plataforma. Na tela inicial, você já consegue inserir seus dados e criar uma senha de acesso. Em seguida, vá até a opção “Impostos”.

O passo seguinte é clicar na opção “IPVA”, depois em “Emissão de Boleto”. Logo após essas etapas, vai surgir na tela, todas as instruções. Por isso, o usuário deve seguir para “Acessar Serviço”.

Depois de todos os passos, serão solicitados os dados do veículo, gerando o link para o boleto da parcela escolhida.

Segundo o secretário da Receita Estadual, Luiz Dias, essa modalidade de atendimento será o canal principal da Secretaria. A emissão de documentos pelo chatbot vai ajudar na orientação dos usuários. Além disso, vai servir como um canal para que os cidadãos possam tirar dúvidas.

A princípio, a Nise tem prestado mais atendimento para aqueles usuários que não sabem como proceder. Mas o intuito é que essa modalidade cresça e passe a atender cada vez mais a população alagoana.

Aqueles que têm dúvidas, podem acessar o Whatsapp  (82) 98137-4724 ou o portal sefaz.al.gov.br, e seguir para as perguntas mais frequentes.

Hoje, o sistema possui mais de 340 perguntas cadastradas e estão distribuídas pelos seguintes temas: IPVA, Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCD), Cadastro, Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviço (ICMS), Documentos Fiscais, Simples Nacional, Ação Fiscal, Contencioso e Documentos de Arrecadação.

Uma curiosidade: o sistema tem esse nome para homenagear Nise da Silveira. Ela é uma das primeiras mulheres brasileiras a se formar em medicina. Ela se dedicou à psiquiatria e era totalmente contra as terapias que eram feitas de forma agressiva.

 

Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.