Receita libera pagamento do 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (31)

Nesta sexta-feira, 31, a Receita Federal libera o terceiro lote de restituição do IRPF 2020. O depósito acontece na conta bancária que o contribuinte inseriu em sua declaração. No total, cerca de 4 milhões de contribuintes vão receber R$5,7 bilhões.

Receita libera pagamento do 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (31)
Receita libera pagamento do 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (31) (Imagem Google)

Como consultar a liberação da restituição

A consulta para saber se teve a declaração liberada deve ser feita no Site da Receita, ou no aplicativo Pessoa Física que pode ser baixado em celulares Android e iOS.

E se não me pagarem?

Se você conferiu que tem direito e a restituição e ela não foi paga, é preciso se dirigir a uma agência do Banco do Brasil ou entrar em contato pelo telefone: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Em 2020, os lotes de restituição foram antecipados e passaram de sete para cinco. Na prática isto quer dizer que as pessoas que tem direito vão receber a restituição mais rapidamente. Confira as datas de pagamento dos últimos lotes:

  • 3º lote: 31 de julho (Esta sexta)
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

O que acontece se não declarei o IRPF 2020?

Os contribuintes que não enviaram o documento já estão em dívida com o Leão. A Receita diz que estas pessoas ainda podem enviar, porém, estão sujeitos a pagar multa.

Os contribuintes que atrasaram terão que pagar uma multa que vai de R$165,74 a até 20% do imposto devido, e o conselho é que o contribuinte realize o envio o mais breve possível.

Além do pagamento de multa, o contribuinte atrasadinho ainda pode ficar com o CPF “sujo”, que pode impossibilitar a contratação de empréstimos, tirar passaporte, certidão negativa para vendas ou aluguel de imóveis e até impedir a participação em concurso público até que tudo esteja regularizado.

Neste ano, a Receita Federal recebeu até o final do prazo um total de 31.980.151 declarações do IR. O resultado caracteriza um aumento de 4,25% na comparação com 2019, quando foram enviadas 30.677.080 declarações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.