Receita Federal paga 3º lote da restituição do IR 2020 este mês; consulta começa amanhã!

 

publicidade

PONTOS CHAVES

  • A Receita vai liberar nesta sexta-feira (24), o sistema para que os contribuintes possam consultar a restituição
  • Ela é paga para aqueles que tem dinheiro a repor do IRPF pago
  • Esse é o terceiro lote de pagamentos

Na sexta feira (24), a partir das 9 horas serão abertas as consultas para o terceiro lote de restituição do Imposto de Renda. Isso porque, o pagamento desse benefício será depositado na conta corrente dos contribuintes em 31 de julho. Veja como realizar a consulta à restituição do IR 2020.

Receita Federal paga 3º lote da restituição do IR 2020 este mês; consulta começa amanhã
Receita Federal paga 3º lote da restituição do IR 2020 este mês; consulta começa amanhã (Foto:Google)
publicidade

O Imposto de Renda existe desde ano de 1992, sendo um tributo federal que cobra uma taxa sobre os ganhos do brasileiro.

A declaração deve ser feita anualmente pelo cidadãos e entregue ao governo, que faz um acompanhamento da evolução patrimonial do contribuinte.

Neste ano, o período para entregar a declaração foi adiado, isso por conta da pandemia causada pelo coronavírus. Inicialmente, o prazo era de 30 de abril, e se estendeu até dia 30 de junho.

A Receita Federal também reduziu de sete para cinco o número de lotes de Restituição do Imposto de Renda de 2020. Sendo assim aqueles que vão receber de volta uma parte do imposto pago, terão acesso ao dinheiro mais cedo.

O primeiro lote da restituição já foi pago em 29 de maio, o segundo em 30 de junho e os outros serão pagos mês a mês. Antes, a restituição era paga até dezembro, mas agora finaliza o calendário em setembro.

Como consultar a restituição do IR 2020?

Os lotes podem ser consultado uma semana antes da data de pagamento. O contribuinte pode saber se o seu dinheiro foi liberado de três formas:

publicidade

Para isso deve inserir o seu CPF, e a sua data de nascimento para saber se o seu pagamento está ou não no próximo lote.

Também é possível obter informações no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), serviço Restituição e Compensação, item Restituição do IRPF, opção Extrato de Processamento da DIRPF.

publicidade

Terceiro lote da restituição do Imposto de Renda

A restituição será paga no último dia de julho, para cerca de 3.985.007 contribuintes, no valor de R$5,7 bilhões.

Calendário da restituição do IR 2020

Veja abaixo o calendário de pagamento:

publicidade
  • 1º lote: 29/05/2020 
  • 2º lote: 30/06/2020 
  • 3º lote: 31/07/2020 
  • 4º lote: 31/08/2020 
  • 5º lote: 30/09/2020

No primeiro lote receberam prioritariamente os idosos a partir de 60 anos, pessoas com deficiência e também professores, desde que o magistério seja sua maior fonte de renda.

Neste lote, serão contemplados os idosos acima de 80 anos, são cerca de 88.420; os contribuintes entre 60 e 79 anos que são 646.111;contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave que são 47.170 e os contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério que somam 346.793.

publicidade

Malha fina do IR

Os contribuintes podem consultar se estão na malha fina para isso podem acessar o extrato do Imposto de renda no site da Receita, que é chamado de e-CAC (Centro Virtual de Atendimento.

Para ter acesso, é necessário utilizar o código de acesso que é gerado na página da Receita Federal ou o certificado digital emitido por uma autoridade habilitada.

Depois de verificar inconsistências pela Receita, o contribuinte deve enviar uma declaração retificadora.

publicidade

Retificação

Caso o contribuinte precise fazer uma correção de alguma informação e entregar uma declaração retificadora, passa a valer a data de envio da retificação. Sendo assim, ele vai para o fim da fila da restituição.

O crédito da restituição será efetuado em conta corrente ou de poupança em nome do próprio beneficiário do pagamento.

A Receita Federal informa que não é possível receber o valor da restituição em conta de terceiros, nem em conta-salário, mesmo que essa seja do contribuinte.

publicidade

Os dados bancários, da conta que o dinheiro será depositado, são informados pelo contribuinte antes de finalizar a declaração do imposto de renda.

Se for necessário alterar a conta bancária, o contribuinte tem três opções:

  • Realizar uma retificação na declaração
  • Acessar o portal e-CAC
  • Aguardar liberação da restituição para então informar a nova conta na Central de Atendimento do Banco do Brasil ou em uma agência.
publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.