Auxílio emergencial: Governo libera calendário de TODAS as parcelas do benefício

PONTOS CHAVES

  • Governo não vai mais fracionar pagamento das parcelas extras do Auxílio emergencial 
  • As novas parcelas começam a ser pagas nesta quarta-feira, 22
  • Devido as parcelas extras, os pagamentos foram organizados em ciclos

A ideia inicial do governo de fracionar o pagamento das duas parcelas adicionais do auxilio emergencial foi abortada. Segundo o novo calendário divulgado na última sexta-feira, 17, os primeiros pagamentos das parcelas extras começa nesta quarta, 22, mesma data de outros pagamentos da ajuda governamental. O valor das parcelas extras será de R$600 cada uma.

publicidade
Auxílio emergencial: Governo libera calendário de TODAS as parcelas do benefício
Auxílio emergencial: Governo libera calendário de TODAS as parcelas do benefício (Imagem: Google)
publicidade

A forma de organização dos pagamentos permanece o mesmo, segundo o mês de nascimento do trabalhador e com outro calendário a parte para os saques e transferências.

Devido a ampliação na quantidade de parcelas de 3 para 5 do auxílio emergencial, o pagamento foi organizado em ciclos, que significam os períodos em que o auxílio será liberado para todos que tiveram o pedido de recebimento aprovado, mas se encontram em estágios de recebimento distintos.

No primeiro ciclo por exemplo, que vai de 22 de julho a 26 de agosto, alguns vão receber a quarta parcela, outros a terceira, a segunda e até mesmo a primeira parcela.

Já no quarto e último, entre 16 e 30 de novembro, só vai englobar quem for receber as duas últimas cotas. No final todos os beneficiários receberão cinco parcelas.

“Havia um desejo do governo de dividir as novas parcelas em dois pagamentos mensais, mas isso daria muita confusão. Eu conversei com o Ministro Paulo Guedes (da Economia) e Onix (Lorenzoni, ministro da Cidadania) porque do ponto de vista da Caixa seria uma operação muito complexa. Então chegamos ao consenso de fazer assim em ciclos de forma simples e direta”, explicou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

As novas datas do calendário são válidas para trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs), desempregados sem seguro-desempregos e inscritos no Cadastro Único, do Ministério da Cidadania.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o auxílio segue sendo pago de acordo com o calendário original do programa.

Calendário diferente para conta digital e saques

O procedimento que vem sendo aplicado nas outras parcelas, permanece o mesmo. Primeiramente o valor será creditado na conta poupança digital da Caixa, e através do aplicativo Caixa Tem é possível pagar contas, boletos e efetuar compras com o cartão de débito digital ou via QR Code em lojas e estabelecimentos que já estão aptos a receber com a tecnologia.

De acordo com o Caixa Econômica, uma média de 720 mil pessoas receberão nesta quarta-feira (22), o pagamento da primeira parcela após a aprovação pela Dataprev entre os dias 17 de junho e 2 de julho.

Segundo projeções do banco, cerca de 500 mil a 1 milhão de pessoas estão neste momento em análise da Dataprev e podem ser aprovadas.

O uso do Caixa Tem é considerado imprescindível por Pedro Guimarães para que não aconteçam aglomerações em agências da Caixa. Pedro também disse que a Caixa trabalha no combate as fraudes no sistema.

Imagem: Google

Calendário auxílio emergencial

Ciclo 1:
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em abril de 2020 – receberá a quarta parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em maio de 2020 – receberá a terceira parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em junho ou até 4 de julho de 2020 – receberá a segunda parcela
  • Cadastros feitos entre 17 de junho e 2 de julho de 2020 – receberá a primeira parcela

Depósito do dinheiro

  • 22 de julho – nascidos em janeiro
  • 24 de julho – nascidos em fevereiro
  • 29 de julho – nascidos em março
  • 31 de julho – nascidos em abril
  • 5 de agosto – nascidos em maio
  • 7 de agosto – nascidos em junho
  • 12 de agosto – nascidos em julho
  • 14 de agosto – nascidos em agosto
  • 17 de agosto – nascidos em setembro
  • 19 de agosto – nascidos em outubro
  • 21 de agosto – nascidos em novembro
  • 26 de agosto – nascidos em dezembro

Liberação de saque e retirada

  • 25 de julho – nascidos em janeiro
  • 1º de agosto – nascidos em fevereiro e março
  • 8 de agosto – nascidos em abril
  • 13 de agosto – nascidos em maio
  • 22 de agosto – nascidos em junho
  • 27 de agosto – nascidos em julho
  • 1º de setembro – nascidos em agosto
  • 5 de setembro – nascidos em setembro
  • 12 de setembro – nascidos em outubro e novembro
  • 17 de setembro – nascidos em dezembro
Ciclo 2
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em abril de 2020 – receberá a quinta parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em maio de 2020 – receberá a quarta parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em junho de 2020 – receberá a terceira parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em julho de 2020 – receberá a segunda parcela

Depósito do dinheiro

  • 28 de agosto – nascidos em janeiro
  • 2 de setembro – nascidos em fevereiro
  • 4 de setembro – nascidos em março
  • 9 de setembro – nascidos em abril
  • 11 de setembro – nascidos em maio
  • 16 de setembro – nascidos em junho
  • 18 de setembro – nascidos em julho
  • 23 de setembro – nascidos em agosto
  • 25 de setembro – nascidos em setembro
  • 28 de setembro – nascidos em outubro e novembro
  • 30 de setembro – nascidos em dezembro

Liberação de saque e transferência

  • 19 de setembro – nascidos em janeiro
  • 22 de setembro – nascidos em fevereiro
  • 29 de setembro – nascidos em março
  • 1º de outubro – nascidos em abril
  • 3 de outubro – nascidos em maio
  • 6 de outubro – nascidos em junho
  • 8 de outubro – nascidos em julho
  • 13 de outubro – nascidos em agosto
  • 15 de outubro – nascidos em setembro
  • 20 de outubro – nascidos em outubro
  • 22 de outubro – nascidos em novembro
  • 27 de outubro – nascidos em dezembro
Ciclo 3
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em maio de 2020 – receberá a quinta parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em junho de 2020 – receberá a quarta parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em julho de 2020 – receberá a terceira parcela

Depósito do dinheiro

  • 9 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 16 de outubro – nascidos em março e abril
  • 23 de outubro – nascidos em maio e junho
  • 30 de outubro – nascidos em julho e agosto
  • 6 de novembro – nascidos em setembro e outubro
  • 13 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Liberação de saque e retirada

  • 29 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 3 de novembro – nascidos em março e abril
  • 10 de novembro – nascidos em maio e junho
  • 12 de novembro – nascidos em julho e agosto
  • 17 de novembro – nascidos em setembro e outubro
  • 19 de novembro – nascidos em novembro e dezembro
Ciclo 4
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em junho de 2020 – receberá a quinta parcela
  • Quem recebeu o crédito da primeira parcela em julho de 2020 – receberá a quarta e a quinta parcela

Depósito do dinheiro

  • 16 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 18 de novembro – nascidos em março e abril
  • 20 de novembro – nascidos em maio e junho
  • 23 de novembro – nascidos em julho e agosto
  • 27 de novembro – nascidos em setembro e outubro
  • 30 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Liberação de saque e retirada

  • 26 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 1º de dezembro – nascidos em março e abril
  • 3 de dezembro – nascidos em maio e junho
  • 8 de dezembro – nascidos em julho e agosto
  • 10 de dezembro – nascidos em setembro e outubro
  • 15 de dezembro – nascidos em novembro e dezembro

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.