Presidente do BC informa o que será preciso para liberar pagamentos no WhatsApp

Recentemente o Whatsapp, aplicativo mais famoso no Brasil de troca de mensagens, havia anunciado a liberação de pagamentos através da plataforma, mas teve impasses pelo Banco Central (BC). Nesta semana, novidades foram anunciadas.

Presidente do BC informa o que será preciso para liberar pagamentos no WhatsApp (Reprodução/Internet)
Presidente do BC informa o que será preciso para liberar pagamentos no WhatsApp (Reprodução/Internet)

De acordo com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, os pagamentos pelo Whatsapp serão aprovados pelo BC só a partir do momento que houver comprovação por parte da empresa de mensagens.

O BC espera que o Whatsapp detalhe se o arranjo proposto pela empresa é competitivo e oferece a proteção de dados seguindo os padrões considerados pelo banco como adequado. Enquanto isso, função segue bloqueada.

Ainda de acordo com o presidente, é que o entendimento da autoridade monetária a medida proposta pelo Whatsapp é complexa, uma vez que envolve 120 milhões de pessoas que são usuárias da plataforma no país.

Sendo assim, precisa passar pelo mesmo crivo que outros arranjos. “Em nenhum momento BC proibiu nada, está disposto a autorizar assim que for seguido o mesmo trilho dos outros arranjos”, disse.

Em resposta, o Whatsapp detalhou que está trabalhando junto às autoridades para restaurar a utilização do novo serviço. “O Banco Central expressou sua intenção de encontrar um caminho com a Visa e a Mastercard para que o serviço prossiga”, detalhou executivo.

A suspensão foi proposta pelo BC para que fosse realizada uma avaliação sobre possíveis riscos e garantir funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). Medidas atingiram as operadores de pagamento Visa e Mastercard.

Pagamentos pelo Whatsapp

A utilização é simples e permitirá que o usuário transfira valores utilizando o saldo do cartão de crédito. É limitada uma transferência de R$ 1 mil por pessoa. A medida é válida para os usuários padrões – pessoas físicas.

Já os que possuem uma empresa e gerencia o seu contato com o cliente através da plataforma, devem usar o Whatsapp Bussines, no qual pode ser um intermédio de pagamento para seus produtos e serviços.

Uma das diferenças é que para o uso não comercial as transações são gratuitas, já para os que são de contas de lojas e outros fins será necessária que a empresa realize o pagamento de uma taxa de 3,99% por transação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.