publicidade

PONTOS CHAVES

  • Os nascidos em junho têm até hoje para aderir ao saque aniversário do FGTS
  • Nessa modalidade os trabalhadores podem retirar anualmente uma parte do valor
  • Aqueles que não aderirem até hoje só vão poder receber a partir do próximo ano.

Nesta terça-feira (30), acaba o prazo para os trabalhadores que nasceram no mês de junho para aderirem ao saque aniversário do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), isso se os trabalhadores quiserem receber ainda este ano. 

Saque aniversário FGTS: Último dia para nascidos em junho aderirem; afinal, vale a pena?
Saque aniversário FGTS: Último dia para nascidos em junho aderirem; afinal, vale a pena? (Imagem: FDR)
publicidade

Os trabalhadores que perderem o prazo para escolher o saque neste ano vão poder mudar para a nova modalidade de resgate a qualquer momento, porém só irão receber o dinheiro em 2021.

Quem pode receber?

Os trabalhadores que tiverem saldo em sua conta ativa, ou seja, de um emprego atual, ou inativa, de empregos anteriores, podem realizar o saque.

O saque aniversário permite que o trabalhador retire uma parte do dinheiro das suas contas do FGTS todo ano.

Vale lembrar que, ao escolher o saque-aniversário, o trabalhador perde a possibilidade de saque do valor integral dos depósitos se for demitido. 

O que permanece é a multa rescisória de 40% sobre todos os valores depositados pelo último empregador para casos de desligamento sem justa causa. 

Qual o valor a ser pago no saque aniversário FGTS?

Saque aniversário FGTS: Último dia para nascidos em junho aderirem; afinal, vale a pena?
Saque aniversário FGTS: Último dia para nascidos em junho aderirem; afinal, vale a pena? (Foto:Google)

O valor a ser sacado pelos trabalhadores vai depender do saldo que ele tiver no fundo. Variando de 50% para contas com até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2.900 para contas com mais de R$ 20 mil. Confira a tabela completa:

Imagem: Caixa Econômica

Embora fique impedido do recebimento da rescisão, o saque do FGTS pode ser feito para outras ocasiões como para comprar a casa própria, na aposentadoria ou em caso de doenças graves.

Como aderir?

A adesão pode ser realizada no site da Caixa ou aplicativo do FGTS. Depois de informar que deseja receber nesta modalidade, o trabalhador deverá escolher o 1º ou 10º dia do mês para que possa receber os recursos. 

Segundo a Caixa, a diferença entre as datas é que aquele que optar pelo saque no 10º dia, a base de cálculo do valor a receber vai contar com o acréscimo de juros e atualização monetária do mês de saque.

Como consultar saldo

Para saber quanto pode sacar do FGTS é só acessar o site da Caixa ou o aplicativo FGTS. No site da Caixa, você precisa confirmar o número do seu NIS (Número de Identificação Social), ou o CPF e clicar em “cadastrar senha”.

Depois de cadastrar a senha, é necessário ler o regulamento, clicar em “aceito” e preencher todos os campos com os dados pessoais. Por último, crie uma senha com até oito dígitos, com letras e números, e confirme.

Você será direcionado para a tela de login novamente. Preencha os campos com NIS ou CPF, insira a senha cadastrada e acesse.

No aplicativo FGTS, é necessário selecionar a opção “cadastre-se” e preencher todos os dados solicitados: CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail. Depois, deve cadastrar uma senha de acesso, numérica, com seis dígitos.

Para quem já usava o aplicativo, pode repetir o mesmo número de senha que usava antes. Depois de incluir seus dados, é só clicar no botão “não sou um robô”.

Você vai receber um e-mail de confirmação no endereço de e-mail informado por você. Acesse-o e clique no link que foi enviado. Após o cadastramento, abra o app e informe o CPF e a senha cadastrada.

Após o login, aparecerão algumas perguntas adicionais sobre a sua vida funcional. Após responder essas perguntas você deve ler e aceitar as condições de uso do aplicativo, clicando em concordar.

Calendário saque aniversário FGTS

O calendário irá fazer o pagamento para dois grupos a cada mês:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro: recebem de abril a junho de 2020
  • Nascidos em março e abril: recebem de maio a julho de 2020
  • Nascidos em maio e junho: recebem de junho a agosto de 2020
  • Nascidos em julho: recebem de julho a setembro de 2020
  • Nascidos em agosto: recebem de agosto a outubro de 2020
  • Nascidos em setembro: recebem de setembro a novembro de 2020
  • Nascidos em outubro: recebem de outubro a dezembro de 2020
  • Nascidos em novembro: recebem de novembro de 2020 a janeiro de 2021
  • Nascidos em dezembro: recebem de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021

A partir de 2021, a liberação ocorrerá no mês de aniversário do trabalhador.

COMENTÁRIOS

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.

VEJA TAMBÉM