Bolsa Família começa a receber 3ª parcela de R$600; confira cronograma de saques

PONTOS CHAVES

  • Inscritos no Bolsa Familia recebem a terceira parcela do auxílio até 30 de julho
  • Grupo de recém aprovados só poderão sacar os valores no próximo mês
  • Cerca de 124 milhões de brasileiros já solicitaram o auxílio emergencial

Hoje (17), as pessoas inscritas no Bolsa Família começam a receber a terceira parcela do auxílio emergencial do governo, no valor de R$600 ou R$1.200. Como aconteceu nas duas primeiras parcelas, o pagamento desta também segue o calendário oficial do programa social e finalizará os repasses até o dia 30 de junho. As datas foram organizadas conforme o número final do NIS, e os primeiros a receber são os beneficiários de final 1.

Bolsa Família começa a receber 3ª parcela de R$600; confira cronograma de saques
Bolsa Família começa a receber 3ª parcela de R$600; confira cronograma de saques (Ilustração: FDR)

O auxilio emergencial foi criado para ser uma ajuda em meio aos problemas econômicos trazidos pela pandemia do coronavírus. No mês de maio, 14,28 milhões de famílias receberam o Bolsa Família, e fizeram parte de um investimento federal de R$15,2 bilhões.

O número de famílias beneficiadas no mês é o segundo maior em toda a existência do programa. O recorde também aconteceu na atual gestão, no mês de maio do ano passado, com uma marca de 14,33 milhões de famílias. No mês de abril de 2020, foram 14,27 milhões famílias atendidas.

Calendário terceira parcela Bolsa Família

  • NIS com final 1 – 17 de junho
  • NIS com final 2 – 18 de junho
  • NIS com final 3 – 19 de junho
  • NIS com final 4 – 22 de junho
  • NIS com final 5 – 23 de junho
  • NIS com final 6 – 24 de junho
  • NIS com final 7 – 25 de junho
  • NIS com final 8 – 26 de junho
  • NIS com final 9 – 29 de junho
  • NIS com final 0 – 30 de junho

Terceira parcela para não inscritos no Bolsa Família

O calendário de pagamentos da terceira parcela para os cadastrados no auxilio emergencial ainda não foi divulgado, porém o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni disse em reunião do Conselho do Governo que em breve as datas dos pagamentos serão definidas.

A segunda parcela para as pessoas que se inscreveram até o dia 30 de abril já foi paga, e cerca de 51 milhões de brasileiros receberam os valores.

(Foto Google)

Novo grupo de aprovados recebe esta semana em poupança digital

Um grupo recém aprovado pela Dataprev começou a receber ontem (16) a primeira parcela do auxilio emergencial. De um total de cerca de 8 milhões de pessoas, 4,9 foram aprovadas e os valores serão depositados primeiramente na conta poupança digital da Caixa.

Ontem, receberam a primeira parcela os nascidos de janeiro a junho, e hoje recebem os trabalhadores de julho a dezembro. O montante pago na primeira parcela para este grupo soma R$3,2 bilhões em repasses.

Neste primeiro momento, o valor recebido poderá ser movimentado apenas através do aplicativo Caixa Tem para pagamentos de contas e boletos e também para compras com o cartão de débito virtual. Todos trabalhadores deste grupo já podem movimentar o dinheiro.

Os saques em espécie e transferências serão liberados entre 8 e 18 de julho.

Calendário completo saques e transferências

  • Nascidos em janeiro – 06/07
  • Nascidos em fevereiro – 07/07
  • Nascidos em março – 08/07
  • Nascidos em abril – 09/07
  • Nascidos em maio – 10/07
  • Nascidos em junho – 11/07
  • Nascidos em julho – 13/07
  • Nascidos em agosto – 14/07
  • Nascidos em setembro – 15/07
  • Nascidos em outubro – 16/07
  • Nascidos em novembro – 17/07
  • Nascidos em dezembro – 18/07

Montante de pedidos

Segundo a Dataprev, empresa responsável pelas análises do auxilio emergencial, até o momento foram registrados cerca de 124 milhões de pedidos de recebimento e deste total 98,6% já foram processados.

Atualmente a Dataprev analisa 1,6 milhão de cadastros restantes, relativos ao período de 27 de maio e 11 de junho. Outros 34.043 pedidos do mês de abril (0,03% do total) passam por processamento adicional no Ministério da Cidadania.

Considerando todos os pedidos até agora, 64,11 milhões foram aprovados e 16,69 milhões foram considerados inconclusivos, que é quando as informações inseridas não foram suficientes para a conclusão da análise. Já os pedidos que não se enquadravam nos requisitos do auxilio somaram 41,59 milhões.

Para a análise, várias bases oficiais são consultadas, protegendo os sigilos fiscais e bancários, de forma simultânea, para determinar se o requerente se enquadra nas regras impostas pelo auxilio. O mecanismo de cruzamento de informações é atualizado e aperfeiçoado a cada novo processamento por meio da inclusão de novas informações.

Como forma de evitar as fraudes, o Ministério da Cidadania realizou acordos com órgãos de Justiça e de fiscalização. O objetivo também é aprimorar o sistema de processamento e homologação de dados e reaver benefícios pagos de forma indevida.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA