Governo do DF recua e fecha parques e igrejas nas regiões com mais casos de Covid-19

Com mais de 15 mil casos de contaminação do novo coronavírus no Distrito Federal, de acordo com dados divulgado pela secretaria da saúde, novidades estarão sendo implementadas para barrar propagação do vírus. De acordo com decreto publicado pelo governo do DF, administrado por Ibaneis Rocha, fica proibido a abertura de parques, comércios e igrejas. A medida é válida para algumas cidades que apresentam um alto índice de contaminação nos últimos dias.

Governo do DF recua e fecha parques e igreja em regiões com mais casos de Covid-19 (Reprodução/Internet)
Governo do DF recua e fecha parques e igreja em regiões com mais casos de Covid-19 (Reprodução/Internet)

Segundo o texto, Ceilândia, do Sol Nascente/Pôr do Sol e da Estrutural, devem cumprir o decreto e fechar estes pontos de circulação ao público para evitar que os índices de contaminação cresçam e aglomerações sejam formadas.

Medidas são válidas a partir desta segunda (8). Além destes pontos, governo estadual ainda suspendeu a realização de eventos coletivos até a próxima quinta-feira (11), no sentido de evitar a propagação.

É importante ressaltar que as determinação publicadas no último sábado (6) no Diário Oficial não valem para as demais regiões do DF.

Texto ainda pontua que o funcionamento de salões de beleza, boates e academias não deve acontecer. Já para os grandes centros de compras, os shoppings, a única autorização válida é para o funcionamento apenas para laboratórios, clínicas e farmácias.

Já os bares e restaurantes só podem atender serviços de entrega em domicílio, como já foi detalhado anteriormente. Por fim, as óticas, postos de combustíveis, oficinas e lotéricos continuam com o funcionamento autorizado para os próximos dias.

É importante ressaltar que supermercados, lojas de materiais de construção, petshops, lojas de medicamentos veterinários, seguimento automotivo, clinicas, funerárias, lavanderias e floriculturas estão com operações autorizadas pelo governo do DF desde que estabelecem as regras definidas.

As entregas via domicílio e os serviços de drive-thru, seguem autorizados, desde que o estabelecimento esteja fechado para atendimento ao público. Esta é uma das recomendações que se espalham por todo o país.

Os serviços de comércio que permanecem abertos devem operar de acordo com regras determinadas, que incidem em medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias, a exemplo do uso de álcool em gel, medição de temperatura e distanciamento social.

De acordo com o governo, será realizada uma fiscalização por parte dos agentes da Secretaria de Proteção da Ordem Urbanística (DF LEGAL). Os mesmos irão observar os comércios e operações que estão sob atividade.

O que não pode funcionar, segundo decreto do governo do DF

  • Eventos, de qualquer natureza, que exijam licença do Poder Público;
  • Atividades coletivas de cinema e teatro;
  • Academias de esporte de todas as modalidades;
  • Museus;
  • Parques ecológicos, recreativos, urbanos, vivenciais e afins;
  • Boates e casas noturnas;
  • Atendimento ao público em feiras populares, clubes recreativos e shoppings centers – nos quais fica autorizado apenas o funcionamento de laboratórios, clínicas de saúde, farmácias e delivery.
  • Cultos e missas de qualquer credo ou religião;
  • Estabelecimentos comerciais, de qualquer natureza, inclusive bares, restaurantes, lojas de conveniências e afins:
  • Salões de beleza e centros estéticos.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Governo do DF recua e fecha parques e igrejas nas regiões com mais casos de Covid-19

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA