Novo FGTS emergencial de R$1.045: como posso receber?

Muitas medidas têm surgido para reduzir os impactos financeiros trazidos pela pandemia de coronavírus. Uma delas é a liberação de mais um saque do novo FGTS, que pode ser feito pelas contas ativas ou inativas.

Novo FGTS emergencial de R$1.045: como posso receber?
Novo FGTS emergencial de R$1.045: como posso receber? (Imagem FDR)

A partir do próximo 15 de junho, os trabalhadores poderão sacar o valor de R$ 1.045 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Vale lembrar que o calendário para o recebimento ainda não está disponível. A única informação definida é que os saques vão até o dia 31 de dezembro desse ano.

Segundo o Governo Federal, a estimativa é que cerca de 60,8 milhões de pessoas sejam beneficiadas e que sejam sacados do fundo 36,2 bilhões de reais. Segundo previsões, cerca de 80% das contas de FGTS podem ficar zeradas após os saques.

Quem pode receber o novo FGTS

Qualquer pessoa que tenha uma conta ativa ou inativa no FGTS está apta para sacar o valor, claro que dentro do calendário que será divulgado. Uma informação importante é que o limite de saque é de um salário mínimo (R$ 1.045).

A previsão é que os valores sejam liberados de acordo com o mês de aniversário do beneficiário, como tem acontecido em saques anteriores.

É válido ressaltar também que, aqueles que não sacaram nos calendários anteriores, não poderão sacar agora e acumular com essa nova retirada.

Como consultar

Para sacar é preciso que o beneficiário tenha saldo disponível em sua conta do FGTS. A consulta do saldo pode ser feita através do site ou por meio do aplicativo.

Veja como:

Site

  1. Primeiramente acesse o endereço www.caixa.gov.br/extrato-fgts;
  2. Informe o número de seu NIS ou de seu CPF e clique em “Cadastrar senha”;
  3. Leia o regulamento e clique em “Aceito”;
  4. Preencha todos os campos com seus dados pessoais;
  5. Crie uma senha com até 8 dígitos, com letras e números, e confirme. Você será direcionado para a tela de login novamente;
  6. Preencha os campos com NIS ou CPF, insira a senha cadastrada e clique no botão “Acessar”. Pronto;

Aplicativo

  1. Vá na loja de aplicativos de seu smartfone e faça o download do aplicativo FGTS;
  2. Selecione a opção “Cadastre-se”;
  3. Preencha todos os dados solicitados: CPF, nome completo, data de nascimento, e-mail e cadastre uma senha de acesso;
  4. A senha deve ser numérica, com seis dígitos. Quem já usava o aplicativo pode repetir o mesmo número de senha que usava antes;
  5. Depois de incluir seus dados, clique no botão “Não sou um robô”;
  6. Você vai receber um e-mail de confirmação no endereço de e-mail informado por você. Acesse-o e clique no link que foi enviado;
  7. Após o cadastramento, abra o aplicativo e informe o “CPF” e “senha” cadastrada;
  8. Após o login, aparecerão algumas perguntas adicionais sobre sua vida funcional.
  9. Após responder a essas perguntas, você deve ler e aceitar as condições de uso do aplicativo, clicando em “Concordar”;
  10. Pronto, agora você já pode consultar.

 

 

 

 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.