Teresópolis libera cartão alimentação para inscritos no Bolsa Família e feirantes

Oportunidade para os beneficiários do Bolsa Família. Nessa semana, a gestão administrativa de Teresópolis, localizada no Rio de Janeiro, informou que os cadastrados no programa social poderão receber um cartão de auxílio alimentação. A iniciativa tem como finalidade ajudar os cidadãos durante o período de crise do novo coronavírus e já está sendo ofertada através da sede do Espaço Mulher e do Mercado popular.

Teresópolis libera cartão alimentação para inscritos no Bolsa Família e feirantes (Imagem: Reprodução - Google)
Teresópolis libera cartão alimentação para inscritos no Bolsa Família e feirantes (Imagem: Reprodução – Google)

Ao todo, de acordo com a gestão, serão contemplados mais de 6.144 beneficiários. Por ser uma determinação de caráter regional, a medida não será custeada pelo Ministério da Cidadania (órgão responsável pelo Bolsa Família), mas sim pela Secretaria de Desenvolvimento Social em parceria com a Câmara Municipal.

Lista de contemplados por categoria:

– Beneficiários do Bolsa Família cadastrados até 20/3 (6.144 pessoas)
– Expositores da Feirinha do Alto cadastrados na Secretaria de Turismo (853 pessoas)
– Expositores da Feira Espaço Mulher (17 pessoas)
– Expositores do Mercado Popular (51 pessoas)

Bolsa Família conta com auxílio do poder público

Além de receber a ajuda do cartão alimentação, os cadastrados no programa estão contando também com um novo reforço financeiro, por meio do coronavoucher. Administrado pelo governo federal, o pagamento libera um acréscimo nos recebimentos mensais dos contemplados, fazendo com que o salário social chegue até a R$ 600.

Para ter acesso ao complemento do auxílio emergencial, os cidadãos não precisam solicitar cadastramento, tendo em vista que já estão com seus dados presentes no Cadastro Único. Desse modo, o valor vem sendo depositado mensalmente e deverá se manter até o fim de junho.

Até o momento, de acordo com a MP que valida a liberação, os cadastrados contarão com 3 parcelas do coronavoucher. No entanto, o governo estuda a possibilidade de prorrogar o auxílio por mais um ou até dois meses, visando minimizar o índice de vulnerabilidade social do país.

A primeira rodada foi ofertada ainda no mês de abril, a segunda em maio e a terceira deverá ocorrer a partir da segunda quinzena deste mês. As datas de pagamento seguirão o cronograma do próprio projeto e a forma de saque também será a mesma.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.