Prefeitura de SP autoriza abertura de concessionárias e escritórios; veja as regras

A partir de hoje (5), em São Paulo capital, as concessionárias de veículos e os escritórios podem voltar a receber pessoas em seus estabelecimentos. A autorização da prefeitura de SP já foi publicada no Diário Oficial. Os setores precisam seguir as normas e protocolos de funcionamento que foram definidos pela gestão do município.

Prefeitura de SP autoriza abertura de concessionárias e escritórios; veja as regras
Prefeitura de SP autoriza abertura de concessionárias e escritórios; veja as regras (Imagem: Reprodução/Google)

O prefeito Bruno Covas (PSDB), anunciou a liberação destas atividades como parte integrante do plano de flexibilização da quarentena em função do coronavírus. As restrições impostas para a volta do funcionamento das concessionarias e escritórios são:

  • Atendimento ao público por no máximo 4 horas por dia
  • Limitação de público a 20% da capacidade total
  • Horários de abertura e fechamento não podem ser em horários de pico (das 7h às 10h ou das 17h às 20h)
  • O uso de máscaras para funcionários e clientes é obrigatório
  • Espaçamento de 1,5 metro entre pessoas, com uso de demarcações e barreiras físicas
  • Medição de temperatura na entrada
  • Incentivar ao teletrabalho/home office, em especial para mães com filhos pequenos
  • Disponibilizar álcool gel 70%, água, sabão e toalhas descartáveis
  • Aumentar a frequência de medidas de limpeza, incluindo a higienização dos sistemas de ar condicionado
  • Apoio à testagem de casos suspeitos entre funcionários
  • Informar e orientar funcionários, parceiros, colaboradores e clientes sobre o cumprimento das principais medidas adotadas
  • Pessoas que integram os grupos de risco para Covid-19 devem evitar o trabalho presencial.
  • O prefeito disse que o protocolo para os escritórios engloba, advocacia e contabilidade, por exemplo. Os setores citados na matéria, integram a lista de cinco que foram liberados para voltar a funcionar, com as devidas restrições, na segunda fase da flexibilização, a laranja, que já é realidade na capital e em algumas regiões do estado.

Protocolos são necessários para reabertura

Os shoppings, alguns setores do comércio e o segmento imobiliário, ainda precisam ter seus protocolos aprovados para poderem reabrir.

As propostas precisam conter todas as informações sobre os procedimentos de segurança que serão aplicados para os clientes e funcionários. Só esta semana, a prefeitura está analisando 74 protocolos.

Avanço de fases autorizados na prefeitura de SP

Bruno Covas disse que espera que a cidade de São Paulo consiga passar para a fase 3 (Amarela) ainda este mês.

“A expectativa nossa é que, mantidos os índices que a gente tem visto e o comportamento deles, ainda em junho o município possa ser classificado dentro da fase 3, mas isso não há como prever com exatidão, porque não são índices que dependem exclusivamente da ação da prefeitura, como é a quantidade de leitos disponibilizados”, disse Bruno.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.