Perdeu a data de saque do Bolsa Família? Veja até quando pode receber!

Os beneficiários do Bolsa Família receberam a segunda parcela de R$600 a partir do último dia 18 de maio. Os valores começaram a ser liberados de acordo com o número do NIS, ou seja, o calendário seguiu uma ordem crescente de acordo com o penúltimo dígito.

Perdeu a data de saque do Bolsa Família? Veja até quando pode receber
Perdeu a data de saque do Bolsa Família? Veja até quando pode receber (Foto: Google)

O calendário do Bolsa Família é diferente do que é utilizado pelos beneficiários que se inscreveram pelo site ou aplicativo, porém algumas regras são as mesmas. A maior dúvida é com relação ao prazo para recebimento.

Muitos estão questionando se é possível retirar o valor após a data estipulada para pagamento. De acordo com as regras, os beneficiários do Bolsa Família têm até 90 dias depois do prazo final para retirar o saldo de seu benefício.

Todos os beneficiários do Bolsa já receberam a segunda parcela que finalizou os pagamentos ontem (29), de acordo com o calendário divulgado:

  • NIS 1: 18 de maio
  • NIS 2: 19 de maio
  • NIS 3: 20 de maio
  • NIS 4: 21 de maio
  • NIS 5: 22 de maio
  • NIS 6: 25 de maio
  • NIS 7: 26 de maio
  • NIS 8: 27 de maio
  • NIS 9: 28 de maio
  • NIS 0: 29 de maio

Saque do Bolsa Família 

Os beneficiários do Bolsa Família recebem o auxílio emergencial através do mesmo cartão do Programa Bolsa Família, além disso, é possível receber também através do Cartão Cidadão ou por meio de crédito em contas da Caixa Econômica Federal (CEF).

Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial foi uma medida criada para minimizar os efeitos negativos causados pela pandemia do Covid-19.

Muitos brasileiros estão com problemas financeiros por conta do isolamento social, necessário para frear o número de pessoas contaminadas.

Este benefício foi criado para usuários do Bolsa Família, pessoas desempregados, autônomos, profissionais informais e Microempreendedores Individuais (MEIs).

No caso do Bolsa Família, o auxílio vai substituir o salário de forma provisória. Por esse motivo, os beneficiários não precisam efetuar nenhum cadastro para receber o valor de R$600. Isto é, o novo crédito é depositado automaticamente, desde que o inscrito não tenha registro em carteira. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.