publicidade

Primeiro lote da restituição do Imposto de Renda 2020 começa a ser pago hoje. A partir desta sexta-feira (29),aposentados e pensionistas acima dos 60 anos poderão ter acesso aos valores devolutivos de seu IRPF 2020

Imposto de Renda 2020 paga primeiro lote da restituição nesta sexta-feira (Imagem: Reprodução - Google)
Imposto de Renda 2020 paga primeiro lote da restituição nesta sexta-feira (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

O pagamento será feito por meio das contas bancárias informadas pelos contribuintes na hora de envio da declaração e deverá ocorrer até o mês de setembro. Trata-se da primeira rodada da liberação que será dívida em 5 etapas

Para poder receber o valor, basta acessar a própria conta bancária. É importante lembrar que a Receita não faz envio para demais instituições bancárias que não apresentem como titular o nome do próprio contribuinte.

O pagamento varia de acordo com os informes contabilizado pelo cidadão ao longo do último ano e tem um prazo de retirada de até 5 anos.  

Antecipação do cronograma do Imposto de Renda

Normalmente, as restituições do Imposto de Renda são enviadas a partir do segundo semestre. No entanto, com a chegada do novo coronavírus e os efeitos negativos na economia nacional, o governo federal entrou em acordo com a Receita para que os valores fossem antecipados.  

Desse modo, de acordo com o cronograma já divulgado, as restituições serão concedidas nas seguintes datas:  

  • 1º lote: 29 de maio de 2020  
  • 2º lote: 30 de junho de 2020  
  • 3º lote: 31 de julho de 2020  
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020  
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020 

É importante lembrar que a ordem dos pagamentos vem sendo determinada de acordo com a data de envio das declarações.

Quem mandou o documento mais cedo, terá acesso primeiro. No entanto, há uma priorização para aposentados e pensionistas acima dos 60 anos 

Problemas com depósitos  

Quem tiver direito ao pagamento, mas não receber o envio na data informada, poderá recorrer a Receita Federal.

Normalmente, o entrave acontece por causa de erros no envio dos dados. Nesse caso, será preciso entrar em contato com a Central de Atendimento do Banco do Brasil, das 8h às 21h, solicitando um novo agendamento de crédito.  

Os telefones para chamada variam de acordo com cada região. Para os moradores das capitais, o número é o 4004-0001

Nos municípios vizinhos, basta ligar para 0800-729-0001. No caso de deficientes auditivos é o 0800-729-0088. Além disso, é possível resolver pessoalmente em qualquer agência do Banco do Brasil. 

COMENTÁRIOS

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.