Veja Também | FDR.TV


 

Clientes da Credicard contarão com novos serviços. Na última semana, a marca informou que está desenvolvendo um novo cartão de crédito. Intitulado de Credicard Beta, a ferramenta será formulada de acordo com as necessidades dos usuários, que estão enviando sugestões para a empresa desenvolvedora. Quem aderir a proposta terá, entre outras coisas, uma anuidade zero e contará com a tecnologia de pagamento por aproximação (NFC) instalada.  

Credicard vai lançar NOVO cartão de crédito sem anuidade e quer ouvir a SUA opinião (Imagem: Reprodução - Google)
Credicard vai lançar NOVO cartão de crédito sem anuidade e quer ouvir a SUA opinião (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Rubens Fogli, diretor do Itaú Unibanco, explica que a proposta tem como finalidade facilitar a vida financeira dos clientes. A solicitação poderá ser feita pelas plataformas do Credicard e terá um tempo de resposta de até 5 minutos, afirmou o empresário. “Em cinco minutos, o cliente pode ser aprovado e receber a versão virtual do cartão”.  

Ouvidoria do cliente 

Para poder desenvolver o produto conforme as expectativas dos clientes, a marca desenvolveu uma comunidade Beta que fica presente dentro do aplicativo do cartão. Nela, os usuários deverão enviar sugestões do que desejam obter e reportar entraves e demais erros que aparecerem na ferramenta.  

Esse grupo começará a funcionar a partir do mês de junho e, de acordo com Rubens, será o responsável por finalizar as propostas do cartão. O gestor explicou que será possível ter o cartão de duas formas: uma versão para compras online por aplicativo e outra para compras apenas pela internet com prazo de expiração máximo de até 24 horas.  

“Outra sugestão que recebemos foi de embarcar o cartão em carteiras digitais de modo a permitir fazer compras em pontos físicos. É uma mudança de paradigma: pode ser que algumas pessoas prefiram nem receber o cartão de plástico”, diz. 

Diferenciais do cartão Credicard 

O cartão não contará com os números e demais dados que normalmente são registrados em outros modelos. A marca explicou que retirou as informações para assim evitar o número de fraudes. Além disso, contará com tecnologias que tornarão o acesso ainda mais rápido e prático. 

COMENTÁRIOS

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.