Minha Casa Minha Vida entrega 425 unidades até o fim deste mês; veja os beneficiados!

Minha Casa Minha Vida, programa do governo federal, irá realizar nesta semana mais uma entrega de residências para os beneficiários. A informação foi compartilhada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.

publicidade
Minha Casa Minha Vida entrega 425 unidades até o fim deste mês; veja os beneficiados! (Montagem/FDR)
Minha Casa Minha Vida entrega 425 unidades até o fim deste mês; veja os beneficiados! (Montagem/FDR)
publicidade

De acordo com eles, o número total de entregas será de 425 residências. As unidades são distribuídas entre Minas Gerais e São Paulo. São 60 unidades em Conquista (MG) e outras 365 na capital paulistana.

Ainda com impasses sobre a sua nova dinâmica, governo tem priorizado ações ligadas à regularização fundiária. Segundo a pasta, as obras já iniciadas e contratadas para o programa devem permanecer e não serão abandonadas. Promessa é garantir as entregas.

Vale relembrar que apenas em 2020, ministério já autorizou a transferência de R$ 731,9 milhões do Orçamento Geral da União com o intuito de manter a execução do programa ainda neste ano.

Deste valor, R$ 425 milhões foram destinados para 301 mil moradias para famílias da Faixa 1, pessoas com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

As entregas que foram realizadas neste ano somam 76,5 mil residências até o fim de março. Foram 10 mil foram destinadas a famílias da Faixa 1 e outras  89,6 mil unidades para as demais faixas contratadas com os recursos do FGTS.

Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida foi posto em prática em 2009, durante governo do ex-presidente preso Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Em suas primeiras edições, atuava como ponte de subsidiação a aquisição da casa ou apartamento próprio para famílias com renda até 1,8 mil. A iniciativa também facilita as condições de acesso ao imóvel para famílias com renda até de 9 mil reais.

Em dez anos de programa, o orçamento chegou a cair significativamente. Para 2020, o Governo planeja cortar pela metade o orçamento do Minha Casa Minha Vida.

A informação consta na proposta orçamentária para o próximo ano, que prevê reserva de R$ 2,71 bilhões, ante os R$ 5,4 bilhões de 2019. Apenas a título de comparação, em 2015, o investimento chegou aos R$ 20 bilhões.

Com isto, programa tende a ser reformulado, de acordo com expectativa do governo. As fases e nova dinâmica por sua vez ainda não foi detalhada. Previsão de lançamento de um novo formato ainda neste mês de maio.