Cartão de débito virtual da Caixa é lançado para beneficiados do auxílio emergencial

O auxílio emergencial do governo de R$600 já está sendo pago e os beneficiários que utilizam a poupança social da Caixa, contam com um cartão de débito virtual para realizar compras pela internet nos sites que aceitam débito.

publicidade
Cartão de débito virtual da Caixa é lançado para beneficiados do auxílio emergencial
Cartão de débito virtual da Caixa é lançado para beneficiados do auxílio emergencial (Imagem: FDR)
publicidade

Para ter acesso ao cartão de débito virtual é só entrar no aplicativo Caixa Tem e ir na opção “Cartão de Débito virtual” que aparece na tela primacial do app. A partir daí, é só seguir mais dois passos que virão na sequência e você verá a imagem do cartão virtual para realizar suas compras.

Importante dizer que a emissão do cartão virtual pelo banco não gera nenhuma tarifa e o valor de todas as compras feitas com ele serão debitadas diretamente da conta. Isto facilita a vida do trabalhador que pode fazer suas compras sem sair de casa.

Usando o cartão de débito virtual

Ao escolher seus produtos nos sites que aceitam débito, quando for finalizar sua compra insira os dados do seu cartão de débito virtual. Existem cerca de 1.000 lojas online que aceitam o cartão como forma de pagamento, e ainda sites de pagamentos de débitos como luz e água.

Você pode ficar tranquilo, pois todas as compras são seguras já que cada uma gera um código de segurança, diferente dos cartões normais em que o número é sempre o mesmo.

Sites parceiros

Grandes lojas como Americanas, Shoptime, Extra e Casas Bahia, divulgaram em seus sites e aplicativos que os beneficiários do auxílio podem fazer compras pagando com o cartão de débito online.

A Americanas preparou um serviço que explica de que forma usar o auxílio emergencial. O site informa que as compras nesta modalidade estão limitadas a até R$1.000 por dia e o pagamento é a vista.

A Via Varejo, empresa que opera os sites das Casas Bahia e Extra, fez uma seleção de produtos considerados essenciais e que podem ser comprados com o dinheiro do auxílio emergencial.

As compras online realizadas com o cartão virtual da conta do ‘coronavoucher’ funcionam da mesma maneira que outras formas de pagamento: o cliente seleciona os produtos, insere os dados pessoais e de entrega e, na hora do pagamento, insere o número do cartão virtual gerado pelo banco, data de validade e código de segurança.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.