INSS e Caixa fecham parceria e ribeirinhos da Amazônia serão beneficiados

INSS e Caixa se unem para realizar uma ação de força tarefa no norte do país. Nessa semana, o Instituto Nacional do Seguro Social e a Caixa Econômica Federal assinaram um convênio cuja a finalidade é reforçar o atendimento dos serviços sociais para os ribeirinhos dos estados do Pará e do Amazonas. A ação permitirá que a população tenha acesso aos atendimentos previdenciários por meio dos PREVBarcos 

publicidade
INSS e Caixa fecham parceria e ribeirinhos da Amazônia serão beneficiados (Imagem: Reprodução - Google)
INSS e Caixa fecham parceria e ribeirinhos da Amazônia serão beneficiados (Imagem: Reprodução – Google)

De acordo com o texto, o INSS e a Caixa passarão a atuar em conjunto, mandando seus servidores para as regiões sem unidades físicas de atendimento através das embarcações do INSS.

Ao todo, serão visitados 13 municípios, sendo eles: Bagre, Curralinho, Oeiras, Limoeiro o Ajuru, Muaná, Ponta de Pedras e Soure, no estado do Pará, e Codajás, Anori, BeruriAnamã, Manaquiri e Careiro da Várzea, no estado do Amazonas. 

publicidade

Os funcionários do INSS e da Caixa irão até os lares dos cidadãos para explica-los sobre os benefícios previdenciários, tirarão dúvidas sobre os pagamentos do INSS, os processos de cadastramento, análises e quais as mudanças em tais atendimentos gerados pela pandemia.

Desse modo, espera-se que os cidadãos consigam obter assistência social do governo e tenham acesso aos seus benefícios sem precisar se deslocar para as capitais.  

Distanciamento dificulta as informações 

De acordo com o Superintendente do INSS Norte/Centro-Oeste, Roberto Braga, a ação foi validada levando em consideração a realidade desses beneficiários que estão distantes de suas capitais. Ele explicou que a proposta visa proporcionar maior segurança para os segurados.  

“Esse acordo com a Caixa vai nos ajudar a recompor o atendimento a essas comunidades ribeirinhas que, de outra forma, não poderiam ser alcançadas após esse período de paralisação pela pandemia do Coronavírus. Agora teremos mais estrutura para cumprir os roteiros que deixaram de ser visitados no primeiro semestre de 2020. A projeção é nos prepararmos para que, logo após a pandemia, possamos iniciar os trabalhos imediatamente”, informou. 

Roberto defende que a parceria com a Caixa reforça o compromisso de responsabilidade social de ambas as instituições. Os atendimentos passarão a ser feitos por servidores que deverão viajar de barco para poder realizar os requerimentos de benefícios como aposentadorias, pensões, auxílios, salário Maternidade e mais.  

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.