2ª parcela do auxílio emergencial será repassada em cronograma “espaçoso”

Nova rodada do auxilio emergencial terá um cronograma mais espaçoso. Nessa quarta-feira (6), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que a segunda parcela será paga em datas mais distantes. De acordo com ele, a medida tem como finalidade evitar aglomerações nas agências bancárias e levará em consideração a data de nascimento dos beneficiários. 

2ª parcela do auxílio emergencial será repassada em cronograma
2ª parcela do auxílio emergencial será repassada em cronograma “espaçoso” (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Na primeira parcela, os nascidos entre os meses de janeiro e fevereiro receberam juntos. No entanto, a partir de agora, a instituição determinarão datas diferentes para cada grupo.

Desse modo, Guimarães afirma que espera reduzir os problemas com congestionamentos nas unidades físicas e pede a colaboração da população para seguir as determinações.  

No que diz respeito ao pagamento para quem é do Bolsa Família e para os cadastrados na poupança digital, as datas também serão distintas e deverão ocorrer com um espaçamento semanal. 

Novo cronograma 

Conforme informou o presidente da Caixa, o novo cronograma deverá ser divulgado ainda nesta quinta-feira (7), nos canais oficias da instituição e também pelo Ministério da Cidadania. 

Quanto a terceira parcela, prevista para o mês de junho, os gestores deverão avaliar se as novas estratégias funcionarão para assim definir o último pagamento.  

Sobre cadastros e benefícios presos  

Questionado sobre o atraso na aprovação dos cadastros do app Auxílio Emergencial, Guimarães explicou que tal atividade é de responsabilidade da Dataprev e que a instituição apenas faz os repasses.  

Segundo ele, os brasileiros que tiverem os pagamentos suspensos, mesmo com a liberação da segunda rodada, poderão receber a quantia de forma acumulada, podendo ter acesso até aos três meses de uma única vez 

— Quem eventualmente for cadastrado e tiver o pagamento aprovado após o cronograma da primeira parcela terá direito às três parcelas. Todos os brasileiros receberão três parcelas — disse Guimarães. 

Realização dos saques do auxílio emergencial 

Para poder receber os valores, os beneficiários precisam comparecer até as unidades da Caixa apresentando um documento oficial com foto.

As agências estão contando com reforços de seguranças, para conter o número de aglomerações nas filas e também solicitam que os cadastrados compareçam utilizando mascaras e luvas. As medidas visam evitar o contágio do Covid-19 entre os servidores e a população.  

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.